Conceito.de

Conceito de cassete

Cassete provém do francês “cassette” que quer dizer caixa pequena. Um cassete é um tipo de caixa plástica que abriga uma fita magnética que permite gravar e reproduzir sons. Os cassetes, portanto, são suportes que permitem o armazenamento e a distribuição de músicas e qualquer outra manifestação sonora.

Embora a noção geralmente se refira a fitas magnéticas que gravam sons, às vezes a ideia de cassete é usada para se referir a fitas que gravam imagens em movimento (vídeos). Nesses casos, pode-se distinguir entre a fita de áudio e a fita de vídeo ou videocassete.

Na evolução tecnológica de reprodução de música, o cassete foi o sucessor dos discos de vinil. Entre o final da década de 1970 e meados da década de 90, o cassete foi o sistema mais usado para ouvir música. As fitas podiam ser ouvidas em leitores domésticos e em leitores portáteis conhecidos como “walkman”. Com o tempo, o cassete perdeu predominância e foi substituído pelo disco compacto ou CD.

Especificamente, um cassete é uma caixa de plástico com dois carretéis que permitem a passagem de uma fita magnética, que possui faixas estereofônicas. As fitas possuem duas faces ou lados (A e B), o que permite que a fita reproduza sons de um lado e, quando girada, reproduza outros sons diferentes. Se o ouvinte decidir ouvir uma gravação novamente, deve rebobinar a fita.