Conceito.de

Conceito de cibercultura

O termo cibercultura já faz parte do Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa da autoria da Michaelis. O conceito é frequentemente usado para se referir à cultura que se desenvolve no ciberespaço: um ambiente artificial desenvolvido usando ferramentas informáticas.

A cibercultura, portanto, está ligada à ciência da computação e à Internet. São conhecimentos, costumes, modos de vida e expressões decorrentes do uso de computadores, telefones celulares (telefones móveis) e outros dispositivos tecnológicos.

Pode-se dizer que a cibercultura é baseada na conectividade, hipertextualidade e interatividade. As manifestações são compartilhadas no ciberespaço, sendo acessíveis em qualquer lugar do mundo físico. Também é comum as pessoas colaborarem entre si para modificarem ou atualizarem os conteúdos da cibercultura.

Graças às suas características, a cibercultura é construída por indivíduos de todo o mundo. No entanto, apesar dessa aparente inclusão, estabelece vários obstáculos que nem todos os sujeitos conseguem superar: requer, por exemplo, conhecimentos e meios técnicos. Um homem que não tem acesso a computadores ou celulares, ou que não sabe como usá-los, não pode ser um ator ativo da cibercultura.

Sites, redes sociais, jogos em rede e televisão interativa são algumas das manifestações da cibercultura. Deve-se notar que a cibercultura e a cultura “convencional” são frequentemente misturadas e combinadas de maneiras diferentes: os jovens podem se conhecer pessoalmente depois de interagirem nas redes sociais, alternando entre encontros presenciais e virtuais.