Conceito.de

Conceito de cinzel

A palavra do francês antigo “cisel” chegou ao nosso idioma como cinzel. O termo refere-se a uma ferramenta usada para trabalhar metais e pedras através de golpes feitos com um martelo.

O cinzel possui uma boca de bisel duplo, cuja ponta de corte deve ser afiada com alguma frequência para permanecer eficaz. As extremidades dos cinzeis podem variar de acordo com o uso a que se destinam: existem cinzeis serrilhados, planos e de outros tipos.

Já na pré-história, o homem usava os cinzéis que construía em pedra. A partir da chamada Idade dos Metais, os cinzéis começaram a ser feitos de bronze, cobre, ferro e outros materiais. Essas ferramentas foram usadas para esculpir pedra, madeira, couro e mais elementos.

Em um cinzel, pode-se distinguir a cabeça (a extremidade atingida pelo martelo), o corpo (que permite a propagação dos golpes), a cunha (os setores laterais da peça cortante) e a aresta de corte (que golpeia a pedra que está sendo trabalhada).

Pedreiros, por exemplo, usam os cinzéis para modificar a superfície das pedras e outros materiais. Para isso, seguram o cinzel com uma mão e colocam a ponta na superfície: com a outra, seguram um martelo com o qual golpeiam o cinzel. Os impactos sucessivos da ponta do cinzel na rocha moldam sua superfície.

É importante ter em mente que escolher o cinzel certo é essencial para o trabalho oferecer o resultado desejado. Se for usado um cinzel com características inadequadas, o estilo não será satisfatório.