Conceito.de

Conceito de cisterna

Uma cisterna é um recipiente que coleta e/ou armazena água. O conceito, que deriva da língua latina, é frequentemente usado com referência ao depósito que fica abaixo do nível da terra e se destina à coleta e armazenamento de água proveniente de um rio ou das chuvas.

Essas cisternas eram comuns nos tempos antigos para garantir reservas de água. Na Turquia, por exemplo, encontra-se a Cisterna de Basílica, construída em 532. Esta cisterna foi criada pelo imperador Justiniano I como reserva contra um eventual ataque que danificasse o Aqueduto de Valente.

A Cisterna de Basílica fornecia água ao Grande Palácio de Constantinopla e outros edifícios. Estima-se que sua capacidade seja de cerca de 80 000 metros cúbicos de água.

Atualmente, também se chama cisterna ao depósito de uma retrete ou sanitário. No referido recipiente, guarda-se a água necessária para limpar o dispositivo.

O veículo destinado ao transporte de água ou outro líquido também é chamado de cisterna. O avião cisterna, para citar um caso, transfere combustível e pode reabastecer outras aeronaves em voo. Enquanto isso, um caminhão cisterna pode transportar gasolina, água de irrigação e outros fluidos por terra.

Por fim, no corpo humano, existem estruturas conhecidas como cisternas. A cisterna de Pecquet, também chamada de cisterna do quilo, recebe linfa proveniente de certos vasos linfáticos. Nas células eucarióticas, é possível detectar a cisterna de Golgi (ou complexo de Golgi), que está envolvida na produção de proteínas.