Conceito.de

Conceito de damasco

O conceito de damasco pode ser usado de diferentes maneiras. Um dos usos mais comuns está relacionado ao fruto de uma árvore também chamada de damasqueiro, pertencente à família das rosáceas. Esta árvore – com galhos sem espinhos, folhas em forma de coração e flores brancas – e seus frutos são conhecidos como damascos. O nome científico desta planta, originário da China e amplamente presente em países como Síria, Armênia, Irã e Turquia, é Prunus armeniaca.

Os damascos são consumidos em todo o mundo. Eles podem ser consumidos frescos, secos ou após terem sido submetidos a vários processos. A fruta também é usada para obter óleo, fazer máscaras faciais e um licor chamado amaretto (que combina caroços de damasco com amêndoas).

Também se chama damasco a um tecido de lã ou seda, caracterizado por sua força e pelos padrões formados pela urdidura e pela trama. Esse tecido surgiu no século XIX no Oriente Médio e depois se espalhou pela Europa.

Por fim, Damasco é o nome da capital da Síria. É uma das mais antigas localidades habitadas do mundo, com uma história de mais de 4000 anos. Seu centro histórico, de fato, foi declarado Patrimônio Mundial pela Unesco.

Na cidade velha de Damasco, você pode ver restos da muralha romana que a cercava, além de oito de suas portas, e inúmeros monumentos e edifícios que são grandes expoentes da arte islâmica.