Conceito.de

Conceito de equifinalidade

O dicionário de Português produzido pela Michaelis não inclui o termo equifinalidade. A noção, entretanto, é frequentemente usada no contexto da teoria geral de sistemas.

A ideia de equifinalidade, neste contexto, refere-se à capacidade de um sistema aberto chegar ao mesmo estado final por diferentes vias e partindo de diferentes condições iniciais. Isso pressupõe que o sistema está em posição de atingir uma determinada meta avançando por vários caminhos.

A equifinalidade está associada à flexibilidade e adaptabilidade, uma vez que o sistema está preparado para cumprir o seu objetivo além do ponto de partida e do percurso percorrido.

Como corrente científica, a equifinalidade implica uma abordagem a partir de múltiplas disciplinas e perspectivas ao objeto de estudo, sem deixar que a área onde o fenômeno ocorre limite a análise. O que permite a equifinalidade, em suma, é a abordagem integral de uma entidade.

De um modo geral, a equifinalidade reflete que o fim de certos processos está vinculado à natureza organizacional do sistema e não ao início desses processos. Essa natureza é o que permite obter resultados idênticos a partir de origens diferentes.

O oposto de equifinalidade é a multifinalidade. Enquanto que, como dissemos, a equifinalidade implica atingir o mesmo fim a partir de condições diferentes, a multifinalidade significa obter resultados diferentes a partir de condições semelhantes. Nesse segundo caso, não há equilíbrio interno que leva à mesma meta.