Conceito.de

Conceito de tomografia

Dá-se o nome de tomografia a uma técnica que permite registar imagens de diferentes planos ou secções do corpo. A técnica implica o recurso a um aparelho denominado tomógrafo, que possibilita a obtenção dos tomogramas (as imagens em questão).

Existem diferentes procedimentos vinculados à tomografia. Deste modo, podemos fazer a distinção entre tomografias de ultra-sons, tomografias de ressonância magnética e tomografias de raios X, entre outras.

A biologia, a medicina, a geofísica e a arqueologia são algumas das ciências que recorrem às tomografias para desenvolver os seus conhecimentos. Os médicos, a título de exemplo, podem mandar fazer uma tomografia computadorizada a um paciente para analisar certas partes do seu corpo.

Neste caso, a técnica implica o uso de raios X para obter uma série de imagens. Diferentes sensores tratam de enviar sinais e, a partir daí, o tomograma forma através da reconstrução tomográfica, que implica o uso de certos algoritmos para obter a imagem final.

As tomografias são úteis para diagnosticar, estudar e tratar o cancro, por exemplo. Também permitem fazer um estudo dos vasos sanguíneos, realizar o diagnóstico de uma infecção ou servir como guia para um cirurgião.

Se uma pessoa tropeçar e, ao cair, bater com a cabeça, é provável que o médico lhe dê indicações no sentido de realizar uma tomografia computadorizada do crânio. Graças a estas imagens, poderá observar se houve algum dano cerebral, sangramento ou lesão causado pelo impacto. Com estes dados, o profissional estará em condições de sugerir um tratamento.