Conceito.de

Conceito de esboço

Escutar o artigo

Um esboço é o delineamento preliminar, o bosquejo ou a concepção inicial que se realiza de uma obra ou de qualquer outra produção da criatividade humana. O esboço constitui o primeiro passo concreto de uma obra ou de um projeto, isto é, a primeira materialização da ideia do respectivo autor.

O esboço deve evoluir e preencher uma série de etapas até se converter numa obra completa. Por isso, a noção de esboço também está associada a toda ideia vaga e pouco concreta de algo. Por exemplo: “O arquiteto apresentou um esboço do edifício, que me agradou bastante”, “Amanhã, tenho de entregar o final e só tenho um mero esboço dos temas a desenvolver”, “Vou precisar de um esboço do teu plano até ao final desta tarde”.

Pode haver também um profissional trabalhando num projeto que não se trata de nada físico, mas como campanhas de divulgação pela internet, então ele elabora alguns exemplos de campanhas, modelos que podem funcionar para aquela marca ou produto, sendo esse também um esboço, uma concepção de algo que pode ou não seguir por essa linha, em outras palavras, é um esqueleto de como será a campanha que pode vir a tornar-se algo definitivo.

A noção de esboço está associada à de esquema, que é um termo de origem latina (schema) que diz respeito a uma representação simbólica ou gráfica de coisas materiais ou imateriais. O esquema pode ser a ideia ou o conceito que se tem em relação a algo.

Nas áreas mais técnicas, o esboço pode assemelhar-se a um esquema sempre que aquele representar um guia para o desenvolvimento de um projeto. Nestes casos, trata-se da base que indica os passos a seguir.

Relativamente a um texto, um esboço é um pequeno apanhado (resumo) que compreende frases (noções gerais) e palavras-chave em vez de parágrafos extensos. Estes esboços são organizados de forma hierárquica de modo a que as ideias fiquem ordenadas com maior clareza. O esboço permite planificar a redação de um ensaio, na medida em que organiza as ideias que o autor pretende exprimir no seu texto.

O termo é usado também no sentido figurativo quando se quer descrever o momento em que uma pessoa apresentou ou não uma reação, para um melhor entendimento, a seguir estão alguns exemplos:

– Depois de ouvir aquilo, o mais incrível foi que ele não esboçou nenhuma reação;

– Ainda que estivesse difícil, o indivíduo se esforçava para esboçar um sorriso todos os dias, pois dizia que ali o fortalecia diante das adversidades.

Uma pessoa pode também realizar um esboço para uma palestra ou, no caso de quem faz pregações em igrejas, um esboço para uma pregação, sendo um material que já traz um conteúdo pronto, onde o ministrante pode basear o seu sermão. Esse esboço é importante tanto para conseguir transmitir a sua mensagem, quanto também para conseguir mante o ouvinte atento a tudo até o final, prendendo a sua atenção. Com esses esboços é possível realizar palestras e pregações para diferentes públicos e com diferentes temas.

Para os pregadores, o esboço é uma importante ferramenta de apoio, sendo definia por alguns como o esqueleto de um sermão.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (22 de Dezembro de 2011). Conceito de esboço. Conceito.de. https://conceito.de/esboco