Conceito.de

Conceito de grafite

Escutar o artigo

Grafite é um termo de origem italiana (“graffito” = escrita a carvão) designando uma manifestação artística originada nos Estados Unidos. A origem exata do grafite foi em Nova York, por volta do ano de 1970.

grafite
O grafite é uma manifestação artística

Esse movimento consiste basicamente no uso dos espaços públicos por um artista para a realização, geralmente, de críticas sociais. Esse artista então utiliza spray em latas e faz desenhos e letras em locais como muros.

Tal forma de expressão nasceu em meio a movimento de contracultura, sendo esse um meio de criticar os padrões que eram impostos ao modo de fazer arte.

Com o grafite, a arte agora não seria vista somente dentro de museus, mas ela seria espalhada pelas ruas, em prédios, nos muros de residências, entre outros locais.

História do grafite

As primeiras expressões do grafite se deram em Paris no ano de 1968, sendo que tal movimento ainda possui uma ligação com o hip hop. Conta-se que o grafite se uniu às danças urbanas e com o rap e ajudou na composição da cultura do hip hop.

O grafite surgiu no Brasil no final de 1970, sendo que o primeiro registro de tal movimento no país foi em São Paulo. E a técnica evoluiu no país, sendo reconhecida a do Brasil entre outros artistas pelo mundo como uma das melhores do mundo, segundo descrevem aqueles que cuidam de estudar sobre essa manifestação artística.

Mas conta-se que essa arte já era conhecida desde o Império Romano, período em que se fazia o uso de carvão para a escrita de palavras e frases em paredes com o objetivo de protestar.

Dentre os principais nomes do grafite destacam-se Michel-Basquiat, natural de Nova York, nos Estados Unidos, sendo ele um dos principais nomes dessa manifestação artística no mundo. Já no Brasil, Alex Vallauri foi um dos responsáveis por difundir essa arte no país.

Um artista que representa o grafite também é Banksy, que possui a identidade não revelada, contudo é responsável por artes em muros na cidade de Bristol, em Londres, assim como em outros locais pelo mundo.

Grafite e pichação

Mas nem tudo o que é feito nesse sentido é grafite. Quando jovens escrevem os muros das residências sem autorização com o intuito apenas de diversão, então isso é tido como vandalismo e o ato é chamado de “pichação”.

Os objetivos da pichação são insultar alguma pessoa ou mesmo provocar o vandalismo, algo com propósitos que levam a agressividade, diferente do grafite, que é uma manifestação artística realizada com autorização e com o objetivo de promover algo ou mesmo com o intuito de democratizar os espaços públicos.

Conclui-se então que quem pratica o grafite faz algo em prol da cultura e quem faz a pichação comete um crime.

Os tipos de grafite

conceito de grafite
Quem faz grafite é chamado de grafiteiro

Há distintas técnicas e estilos de grafite, o que faz com que haja então diferentes classificações, tais como:

– 3D style: esse tipo de grafite foca nos desenhos e letras que usam efeitos com luz e sombra para resultar em algo com profundidade, o que faz com que esse grafite seja mais realista, por assim dizer;

– Throw up ou Bombs: esse tipo é um dos mais comuns, onde se tem letras mais gordinhas e com um visual cômico. Geralmente esse tipo de grafite é feito mais rapidamente;

– Wild style: já esse é um tipo de grafite que não possuo definição em seu estilo, possuindo muitas cores e onde as letras se entrelaçam, algo que ainda pode gerar palavras ou frases que sejam difíceis de compreender;

– Free style: por fim, há o free style, que é um estilo livre de composição do grafite, onde o grafiteiro possui liberdade para criar do modo que preferir.

Materiais usados

Os materiais utilizados para se fazer grafite são dos mais variados e dependem do que se pretende, por exemplo: pode-se usar palheta de guitarra para quando se deseja criar desenhos de árvores.

Mas, de modo geral, é necessário que aquele que faz grafite tenha equipamentos para sua segurança, tais como: máscara de proteção, luvas e óculos de proteção.

Além disso, aquele que faz grafite (chamado de “grafiteiro”) precisaria de itens como: estilete para cortar telas, esponjas, tinta spray, etc.

Grafite ou grafita (química)

Grafite é também como é denominado um mineral que é composto principalmente de carbono, que é um material do qual o diamante é também composto. Esse é um material que possui resistência elevada as altas temperaturas, tendo um alto ponto de fusão. Se o grafite for submetido a temperaturas elevadas ele pode ser usado para a produção de diamantes artificiais.

Esse material é comum na fabricação de produtos como lápis e lapiseira, além de também ser usado para a produção da mina do lápis. Mas além disso, seu uso é comum para fabricar tijolos, lubrificantes que tenham como base óleo ou água, eletrodos de lâmpadas elétricas, para fabricar peças refratárias, entre muitos outros produtos.

Citação

SOUSA, Priscila. (27 de Julho de 2022). Conceito de grafite. Conceito.de. https://conceito.de/grafite