Conceito.de

Conceito de matrimónio

O termo matrimónio, sinónimo de casamento, provém do latim matrimonĭum. Trata-se da união de um homem e de uma mulher que se realiza através de determinados ritos ou trâmites legais. Nos últimos anos, têm sido cada vez mais os Estados a autorizar o matrimónio entre pessoas do mesmo género, pelo que esta união conjugal deixou de ser património e exclusividade da heterossexualidade.

Os laços matrimoniais são reconhecidos a nível social, tanto a partir das normas legais como pelos costumes (a boda, por exemplo). Ao contrair matrimónio, os cônjuges passam a obter direitos e obrigações, pelo facto de se tratar de um contrato civil. O matrimónio também legitima a filiação dos filhos que são procriados pelos seus membros.

É possível distinguir, pelo menos no mundo ocidental, dois grandes tipos de matrimónio: o matrimónio civil (que se concretiza na presença de uma autoridade estatal competente) e o matrimónio religioso (que legitima a união aos olhos de Deus).

Na óptica da Igreja Católica, o matrimónio é um sacramento e uma instituição cuja essência reside na criação divina do homem e da mulher. O matrimónio católico é perpétuo: não se pode romper de acordo com os preceitos religiosos (ao contrário do matrimónio civil, onde existe o divórcio). Uma pessoa separada, por conseguinte, não pode voltar a casar-se pela Igreja.

Há religiões que permitem que um homem se case com mais de uma mulher, mas não é permitido que uma mulher tenha mais do que um marido.

Um matrimonio feito com cerimonia, como acontece, por exemplo, com aqueles que são feitos na igreja, na praia, etc., envolvem uma série de elementos, tais como:

– A decoração do ambiente;

– O vestido de noiva;

– As alianças que serão trocadas pelo casal;

– A presença dos padrinhos e madrinhas;

– O buquê de noiva;

– As músicas que são escolhidas para serem tocadas;

– Entre outras coisas, como as tradições de ter algo novo, alguma coisa velha, algo emprestado e algo que seja de cor azul, por exemplo.

É por isso que muitos noivos fazem questão de contratar uma cerimonialista, ela atua fazendo o planejamento, organização e execução de tudo o que é necessário para o dia do casamento, momento em que os noivos estarão desfrutando com os convidados e todos estarão tranquilos, pois essa ou esse profissional já cuidou de tudo.

Há a tradição do homem pedindo a mulher em matrimonio, contudo, há muitos casos em que a mulher surpreende e faz o pedido. Mas tanto sendo um ou outro, é comum que se faça uma surpresa como convidar o parceiro para fazer algo que os dois gostem e lá fazer o pedido. Há casos, por exemplo, em que o namorado coloca a aliança dentro de algum objeto, propõe uma caça ao tesouro, escreve em árvores frases do pedido de casamento, etc.

Na linguagem coloquial e simbólica, também se dá o nome de matrimónio ou casamento ao casal (marido e mulher) e ao respectivo lar: “Aquela mulher é uma destruidora de matrimónios, sempre a tentar roubar o marido das outras”.

Em sentido figurado, por fim, trata-se de uma combinação ou de um sortido de coisas que ficam bem umas com as outras.