Conceito de obsoleto


Nov 05, 12

Obsoleto é um termo que provém do latim obsolētus e que faz referência a algo antiquado e pouco ou nada usado actualmente por deixar de ser adequado às circunstâncias.

Por exemplo: uma máquina de escrever é um objecto obsoleto no século XXI. Estes artefactos eram bastante populares há ainda poucas décadas, pois não existia nenhuma forma mais cómoda de agilizar o processo de escrita e criar textos legíveis por todas as pessoas. No entanto, desde que foi inventado o computador pessoal, a máquina de escrever começou a perder popularidade. As funcionalidades dos computadores, como a possibilidade de apagar ou eliminar no momento aquilo que se escreveu e imprimir logo a seguir, deixaram a máquina de escrever em desuso.

Convém ter em conta que a obsolescência (a qualidade de obsoleto) não surge necessariamente devido ao mau funcionamento de um objecto, mas porque o seu desempenho se tornou insuficiente em comparação com as novas tecnologias. Ou seja, um computador, por mais moderno que possa ser, pode funcionar mal, ao passo que uma máquina de escrever pode ser antiga e obsoleta e ter um óptimo rendimento.

Os artefactos tornam-se obsoletos por diversos motivos. Pode-se tratar de uma decisão económica por parte dos fabricantes, que deixam de produzir peças suplentes e componentes para forçar os consumidores a comprarem os novos produtos. O desenvolvimento destes produtos, por outro lado, obedece aos avanços da investigação científica.

As tendências sociais também podem converter algo em obsoleto. Isto acontece quando a maioria da população se inclina por algum equipamento ou sistema, deixando o seu competidor fora do mercado mesmo que este apresente um rendimento similar.