Conceito.de

Conceito de personagem

Um(a) personagem é um ser (podendo ser humano, animal, sobrenatural ou de qualquer outro tipo) que intervém numa obra artística (teatro, cinema, livro, etc.). Os personagens costumam ser os atores principais de uma ficção e quem dá impulso às ações. Exemplos: “O personagem principal do romance é um imigrante que se tenta adaptar à cidade”, “Um cão que fala, uma árvore que caminha e um bruxo são os personagem que aparecem na maioria das cenas desta peça de teatro”, “Robert Pattinson ficou com o papel do personagem mais importante do filme”.

O receptor é quem constrói a personagem a partir da linguagem e das imagens exibidas na obra. É importante ter em conta que a personagem só existe na ficção e na representação mental do leitor/espectador, pois é sempre diferente da pessoa real, mesmo quando se baseia na realidade.

Relativamente ao talento do seu criador, a personagem pode ser complexa (aquela que os críticos conhecem como personagem circular) ou linear (os personagens estereotipados e com escassas características de personalidade). Também pode falar-se de personagem tipo para fazer alusão ao modelo de personagem que reúne características físicas e psicológicas já reconhecidas pelo público por tradição.

Podem ser uma casa (exemplo: Casa do Up”), castelo (exemplo: Castelo Rá-Tim-Bum) ou trem (exemplo: O Expresso Polar) e os personagens podem ter nomes ou não, como em desenhos animados com crianças em que os pais são representados como “pai” e “mãe” apenas.

Dos vários tipos de personagens que podemos destacar em uma ficção temos:

– O protagonista: que é o personagem principal de uma obra é com ele que se desenvolve uma história, sendo que na grande parte das vezes ele é um herói, podendo existir, em alguns casos, mais de um protagonista. O protagonista pode ter um ou mais co-protagonistas que é um personagem que ajuda o protagonista se tornando o segundo importante numa obra, também pode evoluir de um coadjuvante e adquirir mais relevância na obra;

– O antagonista: esse é um personagem, grupo de personagens ou uma instituição em uma obra que se apresenta em oposição ao protagonista ou personagens principais sendo seu rival, alguém com quem tem que lutar, às vezes sendo o vilão. O antagonista pode ser também o ambiente que impede o protagonista de seguir em frente, tais como armadilhas, algo que dificulta a vida do protagonista e, assim como o protagonista, ele possui um ajudante o co-antagonista servindo ou trabalhando para ele;

– O personagem secundário: também conhecido como coadjuvante, esse é um personagem que tem por função oferecer suporte para os personagens principais, os ajudando a desenvolverem a trama da história e aqui a sua importância varia conforme a obra;

– O figurante: é um personagem que não tem importância para a obra, serve apenas para ilustrar o lugar ou espaço retratados;

– O herói: um personagem que possui atributos para superar problemas que possuem dimensões épicas.

O personagem pode ser histórico, de fictícia ou real-ficcional.

Personagem também é a pessoa que se distingue na vida pública por alguma característica ou capacidade singular: “O Ricardo é cá um personagem, passou a festa toda a cantar e a dançar”, “O novo cadete da empresa é um verdadeiro personagem: usa camisas às cores e pinta o cabelo de verde”.