Conceito de pinacoteca


Ago 11, 14

Uma pinacoteca é uma galeria ou um museu de pintura. O termo deriva do vocábulo latino pinacothēca, mas com origem etimológica mais remota na língua grega.

Exemplos: “O incêndio na pinacoteca causou perdas milionárias”, “O príncipe convidou os jornalistas a visitarem a sua pinacoteca privada”, “A entrada para a pinacoteca tem um custo de 20 pesos”.

A pinacoteca, por conseguinte, é um espaço destinado à exposição de obras artísticas de carácter pictórico. Também pode incluir outro tipo de obras, como esculturas, embora a maior parte da colecção deva corresponder às pinturas.

Por extensão, conhece-se como pinacoteca qualquer colecção de pinturas. Neste sentido, um museu generalista ou histórico pode contar com a sua própria pinacoteca apesar de não se especializar nas colecções pictóricas.

Nos últimos anos, foi sendo desenvolvido um novo conceito: a pinacoteca virtual. Trata-se de um espaço, disponível através da Internet, que apresenta digitalizações de pinturas. Deste modo, é possível visitar virtualmente colecções pictóricas, visualizando as obras com grande detalhe.

O Museu do Prado, em Espanha, tem uma das maiores pinacotecas do mundo. O seu acervo dispõe de cerca de 8.000 pinturas, com obras de El Greco, Goya, Velázquez, Rubens, entre outros.

Outra pinacoteca muito importante encontra-se no Museu Hermitage de São Petersburgo. Lá, podem-se observar trabalhos de Leonardo Da Vinci, Miguel Ángel, Rafael, Tiziano e Caravaggio, entre outros.
O Museu de Arte de San Paulo, por sua vez, alberga uma das pinacotecas mais importantes da América Latina com quadros de Pablo Picasso, Monet, Renoir e Vincent Van Gogh.