Conceito.de

Conceito de pinacoteca

Escutar o artigo

Uma pinacoteca é uma galeria ou um museu de pintura. O termo deriva do vocábulo latino pinacothēca, mas com origem etimológica mais remota na língua grega.

pinacoteca
Numa pinacoteca estão coleções de pinturas

Pinacoteca tem sua origem no termo grego “pinax”, com o significado de “quadro”, e de “theke”, que significa “coleção”. Desse modo, a tradução para o termo seria algo como uma sala que possui uma coleção de quadros.

Exemplos de uso dessa palavra: “O incêndio na pinacoteca causou perdas milionárias”, “O príncipe convidou os jornalistas a visitarem a sua pinacoteca privada”, “A entrada para a pinacoteca tem um custo de 20 pesos”.

A pinacoteca, por conseguinte, é um espaço destinado à exposição de obras artísticas de carácter pictórico. Também pode incluir outro tipo de obras, como esculturas, embora a maior parte da coleção deva corresponder às pinturas.

Por extensão, conhece-se como pinacoteca qualquer coleção de pinturas. Neste sentido, um museu generalista ou histórico pode contar com a sua própria pinacoteca apesar de não se especializar nas coleções pictóricas.

Nos últimos anos, foi sendo desenvolvido um novo conceito: a pinacoteca virtual. Trata-se de um espaço, disponível através da Internet, que apresenta digitalizações de pinturas. Deste modo, é possível visitar virtualmente coleções pictóricas, visualizando as obras com grande detalhe.

O Museu do Prado, em Espanha, tem uma das maiores pinacotecas do mundo. O seu acervo dispõe de cerca de 8.000 pinturas, com obras de El Greco, Goya, Velázquez, Rubens, entre outros.

Outra pinacoteca muito importante encontra-se no Museu Hermitage de São Petersburgo. Lá, podem-se observar trabalhos de Leonardo Da Vinci, Miguel Ángel, Rafael, Tiziano e Caravaggio, entre outros.

O Museu de Arte de San Paulo, por sua vez, alberga uma das pinacotecas mais importantes da América Latina com quadros de Pablo Picasso, Monet, Renoir e Vincent Van Gogh.

A origem das pinacotecas

conceito de pinacoteca
As pinacotecas focam em obras de artistas nacionais, mas podem trazer quadros de artistas internacionais 

Conta-se que um dos primeiros locais que se considera uma pinacoteca seria o Acrópole de Atenas, que se trata de um espaço onde são realizados cultos religiosos por parte dos moradores de Atenas, onde encontram-se pinturas como elementos para a decoração.

Uma curiosidade é que na Biblioteca de Alexandria (qual é ainda chamada de Museu de Alexandria) estão alguns murais chamados de pinakes, que serviam para classificar diferentes ramos do conhecimento e também pesquisadores que foram destaque em diferentes áreas, ainda que nessa biblioteca o foco fosse em documentos escritos, como foi o caso dos papiros.

Foi por intermédio do ilusionismo francês que as pinacotecas pertences ao mundo contemporâneo se disseminaram. E até mesmo as grandes potências pela Europa inspiraram-se nas pinacotecas da França, em especial no caso do Museu do Louvre.

Apesar de uma pinacoteca possuir quadros de pintores nacionais e internacionais, o foco é sempre em obras de artistas nacionais e em artes que sejam características de uma dada região onde a pinacoteca se encontra. Nesses locais é comum ainda acontecerem exposições temporárias e obras de artistas conhecidos internacionalmente.

Pinacoteca imaginária

No ano de 1947, o pensador e escritor francês chamado de André Malraux desenvolveu a ideia de “museu imaginário“. Para Malraux, tendo o recurso da fotografia e podendo reproduzir fotos das obras de arte, então qualquer indivíduo seria capaz de criar sua pinacoteca imaginária, tendo ali as pinturas que mais gosta.

Pinacoteca, Galeria e Museu

É comum que pinacoteca seja um termo usado, em muitos casos, como sinônimo de museu ou de galeria ou vice-versa, contudo, ainda que se usem os três termos para se referir aos locais onde são expostas pinturas, cada um desses possui suas particularidades, sendo essas as que distingue os lugares.

Nos locais onde se mantém a cultura greco-latina, como no caso da Itália, é usado mais o termo pinacoteca.

Enquanto isso, nos países anglo-saxões é mais comum o uso do termo galeria, como no caso da que é conhecido como National Gallery de Londres.

Já a palavra museu é comum para uso a fim de designar o local onde se expõem quadros, tal como o Museu del Prado, localizado em Madrid.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (11 de Agosto de 2014). Conceito de pinacoteca. Conceito.de. https://conceito.de/pinacoteca