Conceito.de

Conceito de piscina

Piscina, que deriva de piscīna (vocábulo latino), é um depósito artificial de água que se utiliza com fins recreativos, desportivos ou decorativos. A piscina permite que as pessoas se refresquem no Verão, pratiquem natação ou realcem jogos aquáticos, entre outras actividades.

Exemplos: “Daqui a pouco, irei até à piscina do clube”, “O meu sonho é ter uma casa com piscina”, “Lamentavelmente, a piscina não está cheia. Assim, não nos vamos poder refrescar com tanto calor”.

Desde a época romana, o homem concebeu diversos reservatórios de água para aproveitar os seus benefícios sem ter de recorrer a rios, lagos, oceanos ou outros meios naturais. As piscinas podem ter características e tamanhos muito diversos, conforme o espaço disponível e a sua finalidade.

Nas casas particulares, é possível encontrar piscinas desmontáveis que só se montam no Verão. Trata-se de piscinas de pequenas dimensões, por norma confeccionadas com poliéster. Algumas casas, de qualquer forma, dispõem de piscinas estáveis cuja estrutura é enterrada (debaixo da terra).

Os clubes desportivos, esses, têm piscinas de grande tamanho para que muitas pessoas as possam usar em simultâneo. Quando a piscina tem algum tipo de tecto ou cobertura e a temperatura da água pode ser regulada, fala-se de piscina climatizada.

Em geral, coloca-se cloro nas piscinas para depurar a água e evitar a proliferação de bactérias e insectos na água. É importante controlar certos parâmetros e quantidades ao adicionar cloro na água da piscina: caso contrário, as pessoas podem sofrer ardor nos olhos e outras moléstias.