Conceito.de

Conceito de produto turístico

Um produto é um objeto que se cria através de um certo processo de fabricação. Pode-se tratar de algo construído à mão ou recorrendo a máquinas: em geral, o produtor tem o objetivo de comercializar as suas criações no mercado.

Turístico, por sua vez, é aquilo que está relacionado com o turismo. Este conceito refere-se à atividade que realiza uma pessoa quando percorre uma cidade que não é a própria, seja com fins de lazer, culturais, de negócios, etc.

Com estes antecedentes e alguns esclarecimentos, podemos definir o conceito de produto turístico. Esta noção não se refere a um produto no sentido material, pois abarca tanto os bens físicos como os serviços que caracterizam um destino específico e que fazem parte da experiência que vive um turista no lugar.

O produto turístico, por conseguinte, tem componentes tangíveis (como ruínas arqueológicas, uma montanha ou um museu), mas também intangíveis (a hospitalidade das pessoas, a qualidade de atenção). As suas características são dadas pela interação e a combinação entre todos estes componentes, de características bastante diversas entre elas. Pode-se dizer que o produto turístico inclui todos os elementos que permitem o desenvolvimento da atividade turística.

Os peritos em turismo afirmam, neste sentido, que os viajantes procuram sempre produtos turísticos e não destinos: isto é, não se conformam com um atrativo natural ou com um único aspecto da localidade que escolhem, mas pretendem desfrutar de uma experiência satisfatória em todos os níveis. As cidades, na hora de se projetar como atrair visitantes, devem implementar uma estratégia integral que lhes permita oferecer um produto turístico de qualidade.

Desse modo, podemos concluir que um produto turístico possui características como ser tangível, mas também intangível, ser estático, variável no seu valor percebido (como o produto também se trata das experiências que passa para o turista, então essas são diferentes para cada um), limitado, perecível, sazonal, sistêmico, simultâneo e também é difícil de ser controlado.

Mas o produto turístico também recebe a definição de um grupo de atrativos, de serviços turísticos ou mesmo de equipamentos aos quais se acrescentam facilidades e são dispostos nas cidades e ofertados nelas.

Com o objetivo de atrair mais turistas para uma cidade, então são realizadas ações que visam tornar os produtos turísticos mais atrativos, tais como: investir em equipamentos e infraestrutura, investir para melhorar a imagem da cidade, preservar os recursos naturais ali, entre outras.

É importante não se confundir produto turístico com recurso turístico, eles possuem relação, mas são elementos distintos. No caso do recurso, ele se trata da matéria-prima do produto turístico. Ele é um bem natural ou pode ser também artificial ou cultural, não tendo uma garantida operação. Em outras palavras, esse bem não dispõe de preparo para ser comercializado, não possuindo padrão de qualidade, funcionalidade e segurança.

Por outro lado, o produto turístico é um bem também natural, cultural ou artificial, mas só que esse possui sua funcionalidade, segurança e qualidade garantidas. Há ali uma infraestrutura que garante tudo isso e a entrega do produto, ajudando, ainda, a torna-lo mais atrativo para os turistas por meio de serviços e equipamentos.