Conceito de retrógrado


Mar 24, 16

Retrógrado é um adjectivo que deriva do vocábulo latino retrogrădus. Trata-se de um termo vinculado ao verbo retrogradar (retroceder no tempo, dirigir-se para trás).

A noção é usada de maneira despectiva (conotativa) em referência a quem apoia práticas ou políticas típicas do passado. Quem é retrógrado, por conseguinte, opõe-se ao progresso e à actualização de certos valores e condutas.

Exemplos: “Não me parece que a população apoie um candidato de pensamento retrógrado”, “O intendente acusou a oposição de querer desenvolver uma lei retrógrada e conservadora”, “Esta classe de crença retrógrada ameaça deitar a perder os avanços conseguidos nos últimos anos”.

Retrógrado costuma ser usado com referência àquilo que é reaccionário, uma vez que se opõe às mudanças e, de certa maneira, implica um desejo de voltar às condições do passado. Peguemos no caso do matrimónio entre pessoas do mesmo sexo.

Uma postura progressista, que procura adaptar-se às novas práticas sociais e costumes e que pretende desterrar os prejuízos que existiram durante décadas ou séculos, apoia que dois homens ou duas mulheres se possam casar. Porém, alguém com pensamento retrógrado preferirá não alterar a legislação e optará por reclamar que os homossexuais não possam contrair matrimónio.

Na astronomia, o movimento retrógrado supõe a rotação ou o deslocamento de um astro na sua órbita em sentido horário, observando-o acima do Pólo Norte Solar.

A ejaculação retrógrada, por último, ocorre quando o sémen que devia sair pela uretra acaba por ser redireccionado para a bexiga por causa de algum problema.