Conceito.de

Conceito de sublimação

Dá-se o nome de sublimação à acção e à consequência de sublimar (isto é, passar directamente do estado sólido para o de vapor, ou engrandecer ou exaltar alguém ou algo).

Para a química, a sublimação (fenómeno igualmente chamado volatilização) é o procedimento que consiste em modificar o estado sólido de um material para o estado gasoso, sem necessidade de passar pelo estado líquido. O conceito também permite fazer referência ao método oposto (a passagem directa entre o estado gasoso e o sólido), embora seja mais habitual falar-se de sublimação inversa ou cristalização.

A sublimação está presente no ciclo da água, podendo apresentar-se no seu estado sólido (gelo), líquido (os oceanos) ou gasoso (vapor). O ciclo hidrológico desenvolve-se a partir da radiação do sol e da força gravitacional: o sol faz com que a água dos oceanos se transforme em vapor e passe para a atmosfera até voltar para as respectivas fases líquidas ou sólidas através das precipitações (chuva, neve). A água também chega ao estado gasoso pela sublimação do seu estado sólido.

O gelo seco é um exemplo de substância capaz de sublimar-se. A purificação do enxofre e do iodo também constitui um processo de sublimação. Entende-se por pressão de vapor ou saturação a pressão à qual, a uma dada temperatura, a fase sólida (ou líquida) e a fase de vapor alcançam um equilíbrio ou harmonia dinâmica.

A psicologia, por sua vez, entende por sublimação o mecanismo de defesa que consiste em substituir ou em transpor instintos ou impulsos sexuais (geralmente condenáveis) para algo positivo e socialmente bem aceite.