Conceito.de

Conceito de tacanho

Aquilo que, em primeiro lugar, é necessário saber acerca do termo que vamos analisar, tacanho, é a sua origem etimológica. Neste sentido, podemos expor que existem várias teorias a esse respeito embora aquela que tenha mais força seja aquela que determina que deriva do italiano, mais concretamente da palavra “taccagno”.

Trata-se de um adjectivo que é usado para qualificar a pessoa que é mesquinha ou ávara. Tacanho, por conseguinte, é quem reserva alguma coisa, guardando-a para si mesmo, quem é agarrado ao dinheiro. Em linguagem popular (calão), corresponde à expressão “forreta”.

Exemplos: “Não sejas tacanho e convida a tua mulher a jantar fora! Tens de a levar a festejar o aniversário”, “O meu pai é é um tacanho que nunca me quer dar dinheiro”, “Manuel, não sejas tacanho e oferece caramelos aos teus amiguinhos”.

O conceito costuma ser aplicado àqueles que não querem gastar o seu dinheiro. O tacanho opta por não incorrer em gastos ou investimentos inclusive resignando a sua própria comodidade. Não se deve confundir tacanho e um indivíduo que esteja a poupar dinheiro com algum fim ou que não tem dinheiro para gastar.

Suponhamos que uma pessoa que desfruta de uma boa situação económica se propõe realizar uma surpresa para um ente querido que faz anos. Apesar de saber que o aniversariante gosta muito das tecnologias, decide dar-lhe umas meias para não gastar muito dinheiro. Face a esta atitude, é possível que o indivíduo que realiza o obséquio seja tratado de tacanho. Dentro do âmbito da cultura são muitos os personagens de livros, filmes, programas, séries, canções…que se têm dado a conhecer e hoje fazem parte do nosso acervo precisamente porque serem bastante tacanhos. Em concreto, entre os mais significativos encontra-se, por exemplo, o protagonista da obra “O ávaro” (1668), do escritor francês Moliére. Como o seu próprio título indica, gira em torno da figura de um homem chamado Harpagón que se destaca por ser exageradamente tacanho.

A tudo o que foi dito, pode-se acrescentar que, dentro do âmbito da psicologia se estabelece que as pessoas que são tacanhas deixam patente não só uma característica de personalidade, mas também o facto de terem vivido situações que têm propiciado tal situação. Desta forma, fica determinado que pode ser devido ao facto de a respectiva família ter passado dificuldades no passado e que, durante a infância, os pais controlavam até ao último tostão o dinheiro, e não davam afecto aos filhos.

Posto isto, conclui-se que certos indivíduos são tacanhos precisamente por estas razões ou para chamar à atenção sobre a falta de afecto que tiveram. O qualificativo de tacanho, em suma, implica uma visão negativa sobre a outra pessoa. Efectivamente, apontar alguém como tacanho é fazer-lhe uma crítica negativa. Por isso, ao longo da história, a noção foi usada para denotar, menosprezar ou condenar diversos grupos sociais. O exemplo típico é a acusação de tacanhos aos membros da colectividade judia, uma prática anti-semita bastante habitual que permitiu construir um estereotipo.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

drone

O termo inglês “drone” chegou ao português como drone: uma aeronave que não tem tripulantes. Uma aeronave é um...

Conceito de

dragar

O verbo dragar refere-se ao uso de uma draga para limpar e aprofundar um rio, lago, canal ou outro corpo de água. A draga, por...

Conceito de

drástico

A etimologia de drástico nos leva a “drastikós”, palavra da língua grega. É um adjetivo que pode ser usado para...

Conceito de

quarto

O vocábulo latino “quartu” chegou ao português como quarto. Este é nome do aposento de uma casa que é usado...

Conceito de

dotação

A dotação é o ato e o resultado de dotar: outorgar, contribuir, equipar ou atribuir algo. Dotação é também o que ocorre...

Conceito de

dossiê

O termo dossiê, que vem de “dossier” francês, se refere a um relatório que coleta dados sobre um determinado...

Conceito de

dose

A etimologia de dose refere-se ao latim medieval, embora sua origem seja encontrada na palavra grega “dósis” (que...

Conceito de

dormir

O verbo dormir se refere ao que um ser humano ou animal faz quando está em um estado de repouso que implica a ausência de...

ARQUIVOS