Conceito.de

Conceito de lavagem de dinheiro

A lavagem é a acção e o efeito de lavar, um verbo que está associado ao acto de limpar algo. O processo consiste em purificar ou eliminar as manchas/nódoas de alguma coisa, ainda que também se possa desenvolver de forma simbólica/em sentido figurado (quando se tenta “limpar” o descrédito ou uma culpa).

O dinheiro, por outro lado, é um meio de intercâmbio/troca que uma sociedade aceita para o pagamento de bens, serviços e obrigações. Consiste em notas e em moedas que servem não só como meio de troca, mas também como unidade contabilística.

O conceito de lavagem de dinheiro diz respeito à actividade que se desenvolve para encobrir a origem de fundos que tenham sido obtidos através de actividades ilegais. O objectivo da lavagem (igualmente conhecido como branqueamento) é que o dinheiro apareça como o fruto de uma actividade económica ou financeira legal.
Quem lava dinheiro, por conseguinte, pretende legitimar os fundos provenientes do tráfego de drogas, de corrupção, de fraude fiscal, de contrabando, de venda de armas ou de sequestros, entre outras actividades, para que esse dinheiro possa entrar e circular no sistema financeiro.

Quando o dinheiro é fruto de uma actividade ilícita, não é declarado às finanças ou outro organismo estatal, tendo em conta que essa declaração obrigaria a confessar a origem ilegal. O delinquente, por não ter justificação que explique os seus rendimentos ou o seu nível de vida, procede à lavagem para que os activos entrem no sistema legal.

Existem múltiplas técnicas que se usam para a lavagem de dinheiro, como a criação de empresas de fachada (fictícias) ou a compra de bens em numerário (dinheiro líquido).