Conceito de torrente


Out 29, 16

O vocábulo latino torrens chegou à nossa língua sob a designação de torrente. O conceito é usado relativamente à água que flui com ímpeto de maneira natural por acção do degelo ou pelas precipitações (chuvas).

As torrentes, neste sentido, formam-se nas regiões montanhosas ou com desníveis. Ao descer desde os sectores superiores, erodem o terreno pelo qual avalam. A torrente é formada pelo canal de desaguamento, a bacia de recepção e o leque aluvial.

Na biologia e na medicina, dá-se o nome de torrente ao fluxo sanguíneo. Quando o sangue avança pelos vasos e percorre o sistema circulatório, por conseguinte, pode-se falar de torrente sanguínea.

Para a linguagem coloquial, uma torrente é um amontoado de coisas, situações ou indivíduos. Exemplos: “Nos primeiros dias de cada ano, há uma torrente de turistas na localidade para desfrutar das praias”, “Os centros comerciais vêem-se colapsados pela torrente de compradores dispostos a aproveitar as ofertas”, “Uma torrente de crianças colmou o teatro”.

Torrente também é um apelido para além de ser o nome de uma cidade espanhola que se encontra na Comunidade Valenciana e tem mais de 80.000 habitantes segundo os dados demográficos de 2014.