Conceito.de

Conceito de tubo de ensaio

Dá-se o nome de tubo a um elemento oco que habitualmente tem a forma de um cilindro e que tem pelo menos uma extremidade aberta. Ensaio, por sua vez, é o acto e o resultado de ensaiar (praticar ou realizar uma prova).

Um tubo de ensaio é uma peça fabricada em vidro, que é usada nos laboratórios químicos para realizar diferentes tipos de análises. Estes tubos estão fechados por uma das extremidades e abertos na outra: assim, é possível introduzir substâncias no seu interior.

Muitas das vezes, o tubo de ensaio tem uma tampa que permite fechá-los provisoriamente. Deste modo, pode-se preservar com maior facilidade o respectivo conteúdo, impedindo derrames ou perdas. Embora a maioria dos tubos sejam de vidro, também existem alguns de polipropileno ou outros materiais plásticos que são descartáveis (deitam-se fora depois de usados).

Os tubos de ensaio, que podem medir até vinte centímetros de comprimento e cuja largura não vai além dos dois centímetros, são armazenados numa grade. Este dispositivo, feito de metal, plástico ou madeira, dispõe de aberturas onde se podem introduzir os tubos de ensaio. A grade, desta forma, confere sustentação aos tubos.

Quando os tubos de ensaio são fabricados em materiais que se podem expandir, podem ser levados ao lume para que as substâncias alojadas nos mesmos reagem às mudanças de temperatura. Isto, obviamente, não pode ser realizado se o tubo de ensaio não for resistente ao calor do lume, uma vez que o material pode derreter ou quebrar em contacto com altas temperaturas.