Conceito de adorno


Abr 12, 17

Embora haja diferentes teorias sobre a origem etimológica do termo “adorno”, entende-se que reside no latim. Especificamente, o verbo “ordinare”, que é equivalente a “colocar tudo em seu lugar”.

Os adornos são decorações, enfeites. Têm a função de embelezar ou melhorar a aparência de algo. Por exemplo: “Gostas do ornamento que comprei para a sala de estar? É feito de vidro “” Ontem, a brincar com uma bola, o João partiu um ornamento que a minha avó me tinha dado “” Eu acho que vou colocar adornos na prateleira de cima do armário”.

É importante notar que os ornamentos não têm qualquer função prática, sendo unicamente usados para fins estéticos. Uma escultura de madeira, um porta-retrato com uma foto, um vaso ou uma tela são ornamentos. De acordo com as características do objecto em questão, o item pode ser considerado como uma obra-de-arte, transcendendo o significado dado a um ornamento.

Talvez os mais conhecidos sejam os enfeites de Natal. Como seu nome sugere, são colocados em casas, edifícios, ruas e outros espaços durante a época natalícia. Especificamente, dentro desta categoria encontram-se desde o nascimento até às coroas nas portas, no visco em vergas das portas ou nas bolas e estrelas que são colocados sobre a própria árvore.