Conceito de barroco




Mai 24, 13 Conceito de barroco

Barroco é um termo que deriva do francês baroque e que permite fazer alusão a um movimento cultural e estilo artístico desenvolvido entre o século XVII e meados do século XVIII. Esse estilo abrangeu diversos ramos (a arquitectura, a pintura, a música, a literatura, etc.) e caracterizou-se pela ornamentação excessiva.

O barroco, enquanto estilo predominante, sucedeu o renascimento e precedeu o neoclassicismo. Começou a tornar-se popular em Itália e propagou-se logo até ao resto da Europa. O conceito de barroco foi assim alcunhado pelos seus críticos e foi usado em princípio com sentido pejorativo para fazer alusão à desmedida e à irracionalidade desses artistas.

Gian Lorenzo Bernini na escultura e na arquitectura, Caravaggio na pintura, Francisco de Quevedo e Luis de Góngora na literatura e Antonio Vivaldi e Johann Sebastian Bach na música são alguns dos máximos expoentes do barroco.

Os edifícios de estilo barroco eram construídos com materiais pobres, mas ressalvando a majestosidade e a monumentalidade da obra. Existem vários palácios e igrejas que, hoje em dia, ainda exibem as principais características deste movimento, como a Catedral da Assunção (Valladolid, Espanha).

No âmbito da pintura, o estilo barroco está associado ao absolutismo e ao renascimento católico já que, a nível geral, o barroco foi uma reacção da Igreja aos progressos da ciência. “As Meninas” de Diego Velázquez é uma das pinturas barrocas mais famosas.

Actualmente, o termo é usado enquanto adjectivo para fazer referência a qualquer coisa que esteja carregado de adornos. Por exemplo: “Gosto de jardineiras barrocas, com muitos bolsos, cheio de alfinetes e franjas”.