Conceito de despesas




Mar 17, 11 Conceito de despesas

As despesas são saídas de recursos financeiros (o dinheiro que sai, que é despendido), em oposição às entradas (o dinheiro que entra em caixa). Porém, não constituem gastos que afectem perdas ou ganhos.

O conceito de despesas está bastante associado à contabilidade. São consideradas despesas as saídas de dinheiro da tesouraria de uma empresa ou organização, ao passo que se dá o nome de receitas ou lucros ao dinheiro que entra.

As despesas incluem os gastos e os investimentos (capital investido). O gasto é o lançamento contabilístico que aumenta as perdas ou diminui o benefício. O gasto supõe um desembolso financeiro, podendo ser um movimento de caixa ou bancário. O pagamento de um serviço (por exemplo, de conexão à Internet) e o arrendamento de um espaço comercial são alguns dos gastos habituais que fazem parte das despesas das empresas.

Os investimentos e os custos, por sua vez, também implicam despender dinheiro. No entanto, é dinheiro que se desembolsa com a esperança de render no futuro. Ao comprar uma matéria-prima, uma empresa realiza um gasto (o dinheiro sai da caixa), mas, ao transformar essa matéria, converte-se num produto terminado que trará lucros (ou entradas) com a sua venda. De acordo com a lógica empresarial, os lucros devem superar as despesas para obter rentabilidade.

O fluxo de efectivo é um estado contabilístico que permite controlar os movimentos de efectivo e equivalentes. Trata-se de uma maneira de supervisionar quanto dinheiro sai da empresa e quanto entra, o que ajuda na planificação. Uma firma precisa de ter as suas despesas controladas para poder fazer frente às suas obrigações operativas.