Conceito de espiritualidade


Fev 11, 14

Espiritualidade é a condição e a natureza de espiritual. Este adjectivo (espiritual) refere-se àquilo que pertence ou que é relativo ao espírito. A noção de espírito, por sua vez, está relacionada com uma entidade não corpórea, à alma racional, à virtude que incentiva o corpo para obrar ou ao dom sobrenatural que Deus concede a certas criaturas.

Exemplos: “A espiritualidade é algo muito importante na minha vida”, “A vida moderna tende a negligenciar a espiritualidade, mas devemos relembrar que não podemos viver só a pensar nas necessidades físicas e materiais”, “Nunca tinha conhecido ninguém com uma espiritualidade tão rica como a Madre Teresa de Calcutá”.

O conceito de espiritualidade, por conseguinte, pode referir-se ao vínculo entre o ser humano e Deus ou uma divindade. A religião tende a ser o nexo que permite desenvolver esta relação. Posto isto, pode-se dizer que os sacerdotes, os pastores e diversos gurus falam de espiritualidade quando tratam assuntos religiosos.

Não é necessário, de qualquer forma, aderir a uma religião determinada nem seguir uma instituição religiosa (como a Igreja católica) para desenvolver a espiritualidade. O vínculo entre o homem e Deus pode ser pessoal e íntimo, sem manifestações externas nem rituais: “Não creio num Deus único e Todo-Poderoso. Apenas baseio a minha espiritualidade, convicto de que existem energias de outras dimensões que influem na Terra”.

Na filosofia, a ideia de espiritualidade entende-se a partir da oposição entre a matéria e o espírito. Pode associar-se a espiritualidade a uma busca do sentido da vida que transcende o mundano.