Conceito de Pentecostes


Fev 14, 14

Pentecostes é um termo que deriva do latim Pentecoste embora as suas origens mais remotas nos remetam para um vocábulo grego que se pode traduzir como “quinquagésimo”. O conceito é usado para se referir à festa celebrada pela Igreja católica, isto é, o quinquagésimo dia depois da Páscoa, que calha entre o dia 10 de Maio e o dia 13 de Junho. Essa festividade está consagrada à Vinda do Espírito Santo.

O Pentecostes também é a festa que os judeus instituíram em memória da lei que Deus entregou no monte Sinai, a qual era celebrada cinquenta dias depois da Páscoa judaica (“Pessach”).

Essa festividade judia, chamada Shavuot, comemora a dádiva dos mandamentos ao povo de Israel. Derivou na liturgia cristã que consta entre as festas mais importantes desta religião, depois da Páscoa e do Natal.

No caso dos cristãos, o Pentecostes é a celebração que põe fim ao tempo pascoal. Essa ocasião permite celebrar a chegada do Espírito Santo e o começo da actividade da Igreja.

Certos livros da Bíblia atribuem características milagrosas ao Espírito Santo, que oferece valentia e incentiva à compreensão. Algumas Igrejas ortodoxas celebram, bem como o Pentecostes, a festa da Santíssima Trindade ou a festa das três pessoas da Santíssima Trindade (o Pai, o Filho e o Espírito Santo).

A Alemanha, a Bélgica, a França, a Holanda, a Noruega e a Suíça são alguns dos países onde se festeja o dia seguinte ao do Pentecostes. O mesmo também acontece em várias comunidades autónomas de Espanha, como a Catalunha.