Conceito.de

Conceito de gozo

Gozo é um termo que provém do latim e que faz referência à fruição, à alegria de espírito ou ao sentimento de complacência e de prazer ao possuir ou recordar algo agradável. Gozar, por conseguinte, está associado a desfrutar e a toda ação que causa felicidade, prazer e/ou satisfação ao sujeito. Por exemplo: “Dá-me imenso gozo ver o meu filho sorrir”, “Não existe gozo maior na minha vida do que sentar-me no sofá ao lado da minha esposa para desfrutar de um bom filme, enquanto bebemos vinho”.

O gozo também está vinculado ao prazer sexual. A ação de gozar, por conseguinte, pode referir-se à satisfação que produzem relações íntimas: “Gozo cada vez que estou contigo”.

Para o cristianismo, o gozo é uma virtude que emana do Espírito Santo. Trata-se do efeito da caridade e supõe uma profunda alegria que o Espírito Santo infunde naqueles que depositam a sua fé em Deus. O gozo diferencia-se da felicidade, na medida em que não depende das circunstâncias externas, pois determina-se pela atividade do Espírito Santo no seio da pessoa.

O termo “gozo” é algo constantemente utilizado tanto na religião cristã quanto na protestante, nesse caso emprega-se o termo “gozo santo” ou “santo gozo” a fim de definir uma alegria em Deus ou em Jesus Cristo, seu filho, ou seja, um estado em que a pessoa se encontra cheia de felicidade diante do Deus criador. A palavra grega usada para se referir ao gozo é “chara” e ela pode ser traduzida tanto para gozo quanto também para “celebração”.

Gozo, por outro lado, é uma ilha do arquipélago de Malta cujo nome em maltês é Ghawdex. Encontra-se no Mediterrâneo, apresenta uma superfície de 67 quilômetros quadrados e é habitada por cerca de 30.000 pessoas. A cidade mais povoada da ilha de Gozo é Victoria.

Outro uso do termo gozo, por último, está associado à troça (ou de chacota) que se faz de uma situação ou de uma pessoa.

Em suma, o gozo é algo que pode ser tanto físico, como é o caso do gozo sexual, o gozo de tomar um banho relaxante depois de um dia cansativo ou o gozo emocional, quando sinônimo de alegria, quando alguém que você ama lhe dá um abraço, por exemplo. Ainda podemos ter situações em que algo causa tanto gozo físico quanto gozo emocional, como é o caso de um beijo. Esse tipo de gozo, provocado por um beijo ou abraço de alguém que se ama muito, provocam prazer e bem-estar e fazem com que a pessoa sinta-se relaxada.

Do mesmo modo que cada ser humano é único, o gozo pode ser algo pessoal, ou seja, pode ser que o que traga felicidade para uma pessoa não seja a mesma coisa que traga felicidade para outra pessoa. Quando alguém aprecia uma obra de arte e sinta-se em paz, tranquila e cheia de felicidade, outra pessoa pode olhar para essa mesma obra de arte, achá-la bonita e não sentir nada do que a outra pessoa sentiu.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

deambulação

Chama-se deambulação ao ato de deambular: mover-se sem rumo nem direção. Deambular pode estar associado a vaguear. Por...

Conceito de

dardo

O termo frâncico “darodh” chegou ao francês como “dard” e deu origem ao termo português dardo. É uma...

Conceito de

dano ambiental

Dano é o resultado de danificar (prejudicar, ferir, provocar um dano). Ambiental, por outro lado, é tudo ligado ao meio...

Conceito de

doca

A etimologia de doca nos leva a um vocábulo da língua holandesa “doke” que pode ser traduzido como bacia. O termo...

Conceito de

dança contemporânea

Dança é ato de dançar, que pode ocorrer de várias maneiras. O contemporâneo, por outro lado, é o que faz parte do tempo em...

Conceito de

damasco

O conceito de damasco pode ser usado de diferentes maneiras. Um dos usos mais comuns está relacionado ao fruto de uma árvore...

Conceito de

donzela

A noção de donzela vem de “dominicella”, um vocábulo do latim vulgar que significa senhorinha. O conceito tem...

Conceito de

lesado

Lesado é um adjetivo usado para descrever alguém que sofreu danos significativos. O termo deriva do verbo lesar: causar danos,...

ARQUIVOS