Conceito.de

Conceito de felicidade

A felicidade é um estado de ânimo que se traduz num sentimento de satisfação. Quem é feliz sente-se à vontade, contente e de bem com a vida. Contudo, o conceito de felicidade é subjectivo e relativo. Não existe qualquer índice de felicidade nem uma categoria que tenhamos de alcançar para nos considerarmos pessoas felizes.

Do ponto de vista biológico, a felicidade é o resultado de uma actividade neural fluida, em que os factores internos e externos estimulam o sistema límbico.

O ser humano costuma sentir felicidade quando alcança os seus objectivos e sempre que consegue superar os diversos desafios na sua vida quotidiana. Nos casos em que isso não acontece, nutre então um sentimento de frustração que leva à perda da felicidade.

As pessoas que se sentem realizadas e plenas tendem a ser mais serenas e estáveis, uma vez que chegam a um equilíbrio entre as cargas emocionais e as cargas racionais.

Há quem seja da opinião de que a felicidade está relacionada com os bens materiais e com o dinheiro, daí existirem frases como “O dinheiro não traz felicidade, mas ajuda”, na medida em que o dinheiro é o meio necessário para a satisfação das necessidades materiais humanas; uma vez satisfeitas, o indivíduo tende a ir à procura de produtos que lhe proporcionem maior felicidade.

Já, as religiões e as pessoas com inclinação pelo lado espiritual associam a felicidade a um estado de alma perante o qual o ser humano se sente em paz. Este estado pode ser alcançado através das relações pessoais ou dos laços com os entres queridos, por exemplo.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (15 de Janeiro de 2012). Conceito de felicidade. Conceito.de. https://conceito.de/felicidade