Conceito.de

Conceito de ataraxia

O conceito de ataraxia é usado em filosofia para se referir ao ânimo sereno e calmo. Diferentes correntes filosóficas defendem a ataraxia como o humor que leva a pessoa a afastar-se dos distúrbios para alcançar a felicidade.

A ataraxia exige que o indivíduo regule as paixões e se fortaleça diante da adversidade, a fim de levar uma vida equilibrada e pacífica. Essa calma é alcançada quando o indivíduo consegue evitar prazeres desnecessários, que causam dor intensa após a satisfação inicial.

O epicurismo, por exemplo, distinguia entre prazeres naturais e necessários (ligados à subsistência); os prazeres que, apesar de naturais, são desnecessários (pois supõem alterações superficiais dos prazeres necessários); e os prazeres que não são nem naturais nem necessários (surgidos pelo ego ou pela ambição). A ataraxia como caminho para a felicidade requer apenas obedecer ao primeiro tipo de prazer (natural e necessário), descartando o resto.

De acordo com a opinião dos céticos, a ataraxia é obtida suspendendo-se o julgamento das coisas. Quando uma pessoa não acredita em nada, evita conflitos e acalma o ânimo.

Os estoicos, por outro lado, acreditavam que a ataraxia era uma consequência de uma vida governada pela virtude e pela razão. O budismo também promove a ataraxia, argumentando que a ausência de desejo evita a dor.

Ataraxia, por outro lado, é o nome de uma história em quadrinhos, uma canção do grupo chileno Dr. Vena e de uma banda gótica italiana.