Conceito de estímulo




Nov 07, 11 Conceito de estímulo

O conceito de estímulo tem a sua origem no termo latim stimŭlus. A palavra refere-se ao agente físico, químico, mecânico ou de outro tipo que desencadeia uma reacção funcional num organismo. O termo também permite fazer referência ao incitamento para que algo funcione ou resulte e àquilo que dá energia, que incentiva.

Em geral, pode-se afirmar que um estímulo é aquilo que tem um impacto num sistema. No caso dos seres vivos, o estímulo é aquilo que provoca uma resposta ou uma reacção do organismo.

A noção de estímulo está associada ao verbo estimular, que significa incitar a execução de algo ou avivar uma actividade, operação ou função. Por exemplo, um estímulo económico (aumento de salário) é algo que motiva ainda mais o trabalhador; um estímulo sonoro, por sua vez, pode ser o ponto de partida para uma competência.

Para a psicologia, um estímulo condicionado é o que provoca um reflexo por associação a um estímulo incondicionado. Este último, em contrapartida, é o que provoca um reflexo que não requer qualquer aprendizagem.

Convém destacar que, muitas das vezes, o estímulo tem como resultado uma resposta, que também é uma réplica (resposta) a uma solicitação.

Por outro lado, o modelo estímulo-resposta (ou esquema causa-efeito) é aquele que descreve uma unidade estatística onde é emitida uma resposta quantitativa perante um estímulo quantitativo administrado pelo investigador. Estas investigações visam estabelecer uma função matemática que descreva a relação f entre o estímulo x e o valor esperado da resposta y.