Conceito.de

Conceito de sensação

A palavra sensação tem origem no termo latim sensatĭo. O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora reconhece vários significados e usos para este conceito. Assim, pode-se dizer que a sensação é a impressão que produz uma coisa através dos sentidos, o efeito surpresa ocasionado por algo (“O meu casaco novo causou sensação na festa”) ou o pressentimento de que algo vai acontecer (“Tenho a sensação de que a vitória já é nossa!”).

Relativamente à sua relação com os sentidos, uma sensação é a resposta imediata dos órgãos sensoriais perante um estímulo. Os receptores sensoriais são os olhos, os ouvidos, o nariz, a boca e a pele.

O organismo consegue interpretar a informação que recebe através dos sentidos graças à percepção, uma função psíquica que corresponde ao primeiro processo cognitivo.

A sensação é dada portanto pela resposta imediata dos órgãos dos sentidos perante um estímulo. A percepção, em contrapartida, é a interpretação dessas sensações, ao dotá-las de significado e ao organizá-las.

Por exemplo: quando ouvimos um músico a tocar guitarra, as características dos tons e o volume são sensações. Se, ao ouvirmos as notas, reconhecemos que fazem parte de uma canção particular, tem lugar um processo perceptivo.

Por fim, convém destacar que a sensação térmica é a sensação aparente que as pessoas têm de acordo com certos parâmetros que determinam o ambiente em que estão inseridas. A sensação térmica também depende de parâmetros pessoais, como o índice metabólico (o calor que produz o corpo), entre outros.