Conceito.de

Conceito de atenção

Atenção é um termo com diversos significados e que pode ser utilizado em âmbitos distintos. Para a psicologia, a atenção é uma qualidade da percepção que funciona como uma espécie de filtro dos estímulos ambientais, avaliando quais são os mais relevantes e dotando-os de prioridade para um processamento mais profundo.

Por outro lado, a atenção também é entendida como o mecanismo que controla e regula os processos cognitivos. Em certas ocasiões, chega mesmo a actuar de forma inconsciente.

Os psicólogos estabelecem dois tipos de determinantes da atenção: determinantes internos (aqueles que são próprios do indivíduo e que dependem dele) e determinantes externos (que resultam do meio que o rodeia).

No primeiro grupo, podemos mencionar o estado orgânico (as pulsões que a pessoa sente ser estimulada), os interesses (relacionado com aquilo que atrai a pessoa. Por exemplo: um adepto de desporto irá prestar muita atenção/dar muito valor a um jogo de futebol), a sugestão social e os cursos do pensamento.

De entre os determinantes externos, destacaremos a potência do estímulo (por exemplo, um som alto), a modificação (uma alteração no campo de percepção), o tamanho (uma imagem imponente), a repetição (um estímulo débil que ganha força/intensidade ao ser repetido de forma constante), o movimento (um deslocamento que dá origem a uma reacção), o contraste (um estímulo que contrasta com o meio envolvente) e a organização estrutural.

Voltando a falar no âmbito da psicologia, a atenção é estudada pela psicologia cognitiva que refere-se ao modo como o ser humano processa as informações que estão inseridas ativamente em nosso ambiente específico.

Um exemplo seria uma pessoa que esteja lendo uma revista ou um livro e várias coisas estão acontecendo ao seu redor, tais como o movimento da mão ao passar a página do livro, os seus pés no chão, uma pessoa caminhando por perto, entre outras.

Conseguimos nos manter concentrados na leitura e, ao mesmo tempo, experimentar essas sensações. E isso é possível por meio da atenção. Logo, pode-se concluir que a atenção, nesse sentido, é quando a mente apodera-se de um entre os tantos elementos de pensamentos presentes num ambiente. Ou seja, removem-se alguns elementos para se focar em outros.

A psicologia ainda explica que a atenção se divide em consciente e automática. E que existem vários tipos de atenção, sendo algumas:

–  Atenção constante: caracteriza-se por ser uma atenção onde o indivíduo concentra-se numa única atividade ou estimulo por um período de tempo mais longo;

– Atenção dividida: nessa aqui tem-se por finalidade concentra-se em vários estímulos ou atividades simultaneamente;

– Atenção focada: a habilidade de focarmos em apenas um estimulo ou atividade por vez;

– Atenção seletiva: a aptidão de focar em apenas um estímulo ou atividade em meio a outros que porventura possam desviar a nossa atenção;

– Atenção alternada: trata-se da habilidade que tem-se de conseguir alternar entre duas atividades ou entre dois estímulos.

O vocábulo atenção também pode ser usado na sua qualidade de cortesia ou gentileza (a atenção enquanto demonstração de respeito para com alguém) ou ainda em forma de exclamação para alertar o destinatário/receptor no sentido de este tomar cuidado com algo em concreto (antes de atravessar a rua, por exemplo, por ser algo que deve fazer com cuidado e cautela pelo perigo que pode constituir).

Mas além de servir para representar ou alertar sobre algo, a atenção também pode ser pedida, por exemplo: “Por favor, preste atenção quando eu estiver falando”.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

cone

A palavra grega “kõnos” chegou ao latim como “conu”, dando origem à palavra francesa...

Conceito de

comiseração

O conceito de comiseração, que deriva da palavra latina “commiseratiōne”, é usado para se referir à...

Conceito de

conivência

Conhece-se como conivência a tolerância ou passividade de um alguém em relação a erros, falhas, infrações (entre outros)...

Conceito de

comutador

Comutador é um adjetivo usado para qualificar o que comuta: substitui, modifica, troca ou altera algo. Como substantivo, a ideia...

Conceito de

coníferas

As coníferas são arbustos e árvores com ramos de forma cônica e frutos que também têm uma estrutura de cone. Essas plantas...

Conceito de

congregação

Procedente do vocábulo latino “congregatiōne”, chama-se congregação à assembleia ou reunião organizada com o...

Conceito de

conjuro

Chama-se conjuro à fórmula ou expressão mágica que, ao ser pronunciada, permite obter o que se pede. Um conjuro, nesse...

Conceito de

comensurável

A palavra latina “commensurabĭle” chegou ao português como comensurável. Esta palavra qualifica o que pode ser...

ARQUIVOS