Conceito.de

Conceito de psicologia experimental

Entre a variedade de ramos e correntes da psicologia, a psicologia experimental é aquela que defende que as questões da psique podem ser estudadas através da observação, da manipulação e do registo das variáveis que têm influência no paciente. Trata-se, portanto, de recorrer ao método experimental.

A psicologia experimental tem a sua especificidade, na sua metodologia. Qualquer corrente psicológica que empregue o seu método (o experimental) poderá inserir-se no âmbito da psicologia experimental, independentemente do seu interesse central.

Vale ainda mencionar que na psicologia os conceitos são universais, ou seja, não ocorre a ambiguidade como em outras áreas da psicologia.

Uma dos pioneiros da psicologia experimental foi o físico alemão Gustav Theodor Fechner. Em 1860, Fechner já procurava provar o vínculo entre as grandezas físicas e aquelas que são próprias dos sentidos com base em dados experimentais.

No entanto, o laboratório pioneiro de estudo da psicologia experimental viria a chegar em 1879, pela mão do psicólogo alemão Wilhelm Wundt. Este também é considerado como um dos pontos-chave no nascimento da psicologia científica.

Os postulados de Wundt lideraram o academicismo até inícios do seculo XX; desde então, a metodologia introspectiva começou a ganhar impulso. Os ensaios científicos realizados com animais foram o seguinte passo da psicologia experimental, até à fundação do comportamentalismo. Esta disciplina considerava a psicologia como sendo a ciência do comportamento observável e externo.

De qualquer forma, a introspecção não deixou de se estudar. O estudo da percepção desenvolvido pela Gestalt na Alemanha estendeu-se para diversos campos, como a aprendizagem, o criativo e a resolução de problemas complexos. A psicologia da Gestalt centrava-se nas relações entre os estímulos e o contexto.

Alguns acreditam que fora Charles Darwin, naturalista, geólogo e biólogo britânico, quem iniciou com a psicologia experimental, através da sua publicação “Origem das Espécies”. Mas, não há como negar que fora o behaviorismo e outras ramificações da psicologia moderna quem contribuíram para compor a psicologia experimental.

Na psicologia experimental, para que se consiga chegar numa conclusão concreta, são utilizados distintos métodos científicos. É nisso que se foca esse tipo de psicologia. E ela é aplicada em áreas como educacional e social, por exemplo, utilizando conceitos como memorização e outros.

Em suma, enquanto outras ramificações da psicologia se focam em compreender o comportamento dos seres humanos e seus pensamentos, a psicologia experimental visa em realizar experimentos embasados em estatísticas e utilizando variáveis com o intuito de chegar a resultados precisos.

Vale ainda ressaltar que, após a Segunda Guerra Mundial, a psicologia experimental teve um declínio em várias partes do mundo e isso foi em decorrência da implementação da psicologia aplicada, a qual afastava-se de experimentos e se apoiava mais em narrativas. No entanto, em alguns países esse tipo de psicologia vem ganhando novos aliados, novos defensores. E dentre esses países estão Portugal, onde se tem alguns centros universitários que fazem experimentos com esse tipo de psicologia, dentre os quais: os laboratórios de Psicologia Animal (Prof. Doutor Armando Machado), de Neuropsicofisiologia (Prof. Doutor Óscar Gonçalves) da Universidade do Minho e de Cognição Humana (Prof. Doutor Pedro B. Albuquerque), por exemplo.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

eixo terrestre

A noção de eixo tem mais de uma dúzia de significados. Pode ser a haste que sustenta um corpo enquanto ele gira, passando por...

Conceito de

égide

Égide tem origem na palavra latina “aegĭde” que significa o escudo de Júpiter ou o escudo de Minerva. De acordo...

Conceito de

écloga

Uma palavra grega que pode ser traduzida como escolha, chegou ao latim como “eclŏga” que em português se converteu...

Conceito de

Idade Antiga

Com origem etimológica na palavra latina “aetāte”, idade pode se referir a diferentes questões. Neste caso, vamos...

Conceito de

efusivo

O adjetivo efusivo é usado para qualificar aquilo ou aquele que manifesta ou revela efusão: ímpeto, vigor ou expansão nos...

Conceito de

efluente

A Michaelis, em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa, define um efluente como um resíduo (em forma de fluido ou...

Conceito de

efeméride

A palavra grega “ephemerís”, que se refere ao que é próprio de um dia, derivou no latim “ephemerĭde”...

Conceito de

edema

A palavra grega “oidema” chegou ao nosso idioma como edema. O termo é usado no campo da medicina para se referir à...

ARQUIVOS