Conceito de psique


Ago 21, 15

Segundo os dicionários, o termo psique refere-se à alma humana. A noção resulta da língua grega e está relacionada com desenvolvimentos conceptuais dos filósofos da Antiguidade.

A psique era associada a uma espécie de energia do ser humano que estava associada ao corpo terrenal e que, depois do falecimento, se separava deste. A partir desta ideia, começou a representar-se a psique como algo autónomo da pessoa.

Com o passar do tempo, o conceito foi-se distanciando da filosofia e aproximando daquilo que hoje conhecemos sob a designação de psicologia. Actualmente, entende-se que a psique é aquilo que é formado pelos fenómenos e procedimentos que ocorrem na mente.

A psique, neste sentido, permite que o ser humano se adapte ao meio envolvente através de um processo de aprendizagem. Se o indivíduo não tiver uma psique saudável, essa adaptação será defeituosa e a pessoa sofrerá diversos distúrbios.

Várias funções são desenvolvidas pela psique: aquilo que se pensa, sente e percepciona surge desta. Pode-se dizer que, no plano físico, a psique é regulada pelo cérebro. Deste modo, ao contrário daquilo que se achava outrora, agora associa-se a psique ao organismo: isto é, não se trata de uma dimensão autónoma que possa resultar do corpo humano.

Convém destacar que, para além do físico, as pessoas têm métodos internos de defesa para proteger a psique, como a negação, a sublimação, a repressão e outros fenómenos psicológicos.