Conceito.de
Conceito de

Sonho

Sonho, um termo derivado do latim somnium, designa o ato ou o efeito de sonhar. Mas o seu conceito se estende muito além disso.

sonho
Um sonho é uma experiência que se tem na mente quando está dormindo

O sonho é uma experiência tida pela mente e a qual sucede quando uma pessoa dorme, mais especificamente durante a fase do sono chamada de REM.

Os sonhos possuem distintas vertentes, sendo comum abordar sobre eles no âmbito da religião, assim como no da ciência e da cultura e mesmo psicologia. Pesquisadores também descobriram que até os bebês que estão no útero da mãe sonham, contudo não se consegue ainda descobrir com o que eles sonham.

Sonhar não se trata de um privilégio apenas dos seres humanos. Há estudos que demonstram que os animais também sonham. E esses animais, como cães, gatos, etc., possuem fases do sono assim como os humanos.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • Sigmund Freud teorizou que os sonhos são a realização de desejos reprimidos, que se transformam em imagens, muitas vezes vívidas. Este conceito foi apresentado em seu livro de 1900, "A Interpretação dos Sonhos", considerado um marco no início da psicanálise.
  • Os sonhos ocorrem todas as noites durante o que é chamado de fase REM do ciclo do sono. Pesquisas sugerem que os indivíduos experimentam de cinco a seis sonhos por noite, cada um correspondendo a um ciclo de sono.
  • Dentro do conceito de sonhos estão os pesadelos, termo usado para especificar sonhos ruins que causam medo e podem levar a aumento dos batimentos cardíacos.
  • O termo sonho também pode ser usado para se referir a um grande objetivo que uma pessoa deseja alcançar, como se formar em uma determinada carreira ou viajar para um país específico.
  • O sonho é também um popular doce brasileiro, geralmente feito de uma massa frita ou assada, semelhante a um pão doce, e recheado com um creme adocicado, como doce de leite, goiabada ou chocolate.

O sonho na psicanálise

Na área da psicanálise, os sonhos são considerados como a realização de algo qual se busca na realidade. Isso é o que descreve o psicólogo e neurologista Sigmund Freud. Desse modo, desejos reprimidos se transformariam em imagens, as quais em alguns casos seriam bem vívidas.

Em 1900, inclusive, Freud publicou o livro intitulado de “A Interpretação dos Sonhos”. Essa é um material considerado um dos marcos para o começo da psicanálise. A teoria criada por Freud sobre os sonhos atrai diversos estudiosos de diferentes áreas do conhecimento.

Para o psicanalista austríaco, que já atuava com a análise de sonhos, o desejo consciente se manifestaria nesses sonhos. E isso ele notou por meio dos seus pacientes. E ajudou nisso ainda a análise que ele realizou em si mesmo entre os anos de 1896 e 1899. Desse modo, Freud notou que o inconsciente se expressava nos sonhos através das memórias da infância.

Os sonhos, ao contrário do que muitos acreditam, ocorrem todas as noites. E isso se dá porque o sonho se trata de algo cíclico.

Pesquisas feitas por meio de exames de eletroencefalograma apontam que as pessoas possuem entre cinco a seis ciclos de sono e cada um deles passa por quatro fases, sendo elas: fase 1, 2, 3 e REM. Quando um indivíduo chega na fase REM, sempre há pelo menos um sonho. Desse modo, haverá de cinco a seis sonhos a cada noite.

Sonhos e pesadelos

Ligada ao significado de sonho há o pesadelo. Enquanto o sonho compreende tanto sonhos bons quanto sonhos ruins, o pesadelo é um termo usado para especificar os sonhos ruins.

O que se entende por sonho ruim ou pesadelo é um sonho que gera medo, como sonhar com monstros ou algum episódio traumático, por exemplo. Os pesadelos tendem a aumentar os batimentos cardíacos de uma pessoa, desse modo tendo impactos que afetam o físico.

Sonhos da mitologia grega e nas religiões

Na mitologia grega, os sonhos possuíam um papel importante, pois eram considerados um meio de comunicação entre o mundo etéreo e o mundo terreno, através do qual os deuses enviam suas mensagens aos mortais.

Já no caso das religiões pelo mundo, acredita-se que os sonhos sejam sinais divinos. As religiões cristãs, por exemplo, acreditam que os sonhos sejam mensagens em forma de símbolos, desse modo, elas carecem de interpretação, havendo uma pessoa que tenha o dom de interpretar sonhos para isso.

Na bíblia, é contada a história de José, que foi vendido como escravo por seus irmãos e mais tarde teria sido honrado por Deus e se tornado governador do Egito. Na história, conta-se que José era um sonhador, ela sonhava bastante e contava seus sonhos para seus familiares, também o mesmo tendo o dom e interpretar esses sonhos.]

Sonho (em sentido figurado)

conceito de sonho
O sonho pode também ser algo que se deseje muito ser ou ter

Há ainda o uso do termo sonho em sentido figurado para designar os propósitos grandes que uma pessoa tem. Logo, uma pessoa pode então ter o sonho de se formar em medicina ou de viajar para outro país.

Mas existem sonhos de diferentes níveis de dificuldade, como o de quem que sonha em se tornar o melhor jogador de futebol do mundo e de quem sonha em aprender a tocar um instrumento musical.

Sonho de padaria

O sonho é ainda um tipo de lanche comum na culinária brasileira. Geralmente, se trata de uma massa frita ou assada, similar a um pão doce, tendo um recheio de doce de leite, goiabada, chocolate, etc. A massa geralmente é fofa, conferindo uma textura agradável ao paladar.

A receita tende a variar, sendo que em alguns lugares é comum adicionar açúcar de confeiteiro ou canela por cima a fim de conferir um toque extra de sabor.

Em certas regiões do Brasil, o sonho é ainda conhecido por outros nomes, a exemplo de: “berlinde” ou “bola de Berlim“. E há que citar que essa é uma receita de origem Alemã.

O sonho é popular nas padarias e nas confeitarias. Ele é uma opção apreciada por muitos como um doce saboroso. E hoje em dia já existem com diferentes tipos de recheios.

Citação

SOUSA, Priscila. (5 de Janeiro de 2024). Sonho - O que é, em sentido figurado, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/sonho