Conceito de aviso


Jan 04, 13

Do latim ad visum, um aviso é uma advertência que se comunica a alguém. Pode tratar-se de um sinal, um conselho ou uma chamada de atenção. Por exemplo: “A estrada apresenta muita neve: esteja atento aos avisos das autoridades”, “Recebi um aviso da operadora telefónica sobre possíveis cortes no serviço”, “Vou colocar um aviso na parede da casa de banho para que ninguém use a sanita, uma vez que está avariada”.

O aviso procura advertir ou comunicar uma novidade, seja por via oral ou escrita. Neste segundo caso, o aviso pode ser um cartaz ou um sinal. As lojas e os comércios costumam afixar avisos nas suas portas ou montras com todo o tipo de informação para os clientes (“Encerrados para descanso semanal”, “Volto dentro de cinco minutos”, “10% de desconto em todos os lacticínios”, “Amanhã, abriremos em horário reduzido”, etc.).

É evidente que os avisos têm diferentes funções. Existem avisos que advertem sobre um perigo potencial (“A 100 metros, curva pronunciada”), outros que difundem certas normas ou proibições (“Proibido fumar”) e alguns que se limitam a expor uma mensagem de distintas características (“Sorria, está a ser filmado”).

Outro uso do conceito de aviso aparece na publicidade. Os avisos ou anúncios são as mensagens publicitárias que se difundem através dos meios de comunicação ou na vida pública: “O novo aviso televisivo da marca desportiva conta com a participação de grandes tenistas de toda a história”, “A empresa retirou o seu anúncio da revista em desconformidade com a sua política editorial”.