Conceito de extravagante


Out 04, 13

Extravagante, do latim extravăgans, é aquilo que se diz ou que se faz fora do comum (invulgar). É tudo o que é inabitual, peculiar ou bizarro. Exemplos: “É um artista extravagante, que acaba sempre por surpreender nas suas actuações”, “Não gosto de me vestir de forma extravagante”, “O presidente acha que o Jorge daria um bom candidato, mas tem receio das suas actividades extravagantes”.

Qualquer pessoa que fale, aja ou se vista de forma pouco habitual ou rara, costuma ser qualificada como sendo extravagante: “A Lady Gaga é uma cantora extravagante que consegue ser sempre o centro das atenções”, “A mim pouco me importa que ele seja extravagante, desde que cumpra com as suas obrigações”.

Enquanto adjectivo, extravagante pode referir-se tanto a pessoas como a objectos ou situações. A significação do termo, de qualquer modo, está associada àquilo que foge do comum e que, por conseguinte, se destaca ou é diferente do resto.

O que é extravagante está relacionado com a excentricidade, que é um comportamento inusual. Este tipo de atitudes ou de comportamentos tende a ser considerado desnecessário, já que, por fugir do habitual, não se adapta às normas sociais em vigor. Uma pessoa que vista umas calças vermelhas, uma camisa amarela e um chapéu verde será considerada extravagante ou excêntrica já que o consenso social indica que deveria usar outras cores ou combinações.

Pode-se dizer, em suma, que o extravagante não se encaixa na sociedade devido à sua peculiaridade. As diferenças podem ser alvo de discriminação ou de troça, mas também de reconhecimento e apreciação.