Conceito.de

Conceito de clássico

O termo latino “classĭcu” chegou ao português como clássico, um adjetivo que tem significados diferentes. Um dos significados do adjetivo refere-se ao período de tempo em que um povo, uma cultura ou uma expressão artística atingem seu grau máximo de desenvolvimento.

Chama-se Antiguidade Clássica, nesse sentido, ao período greco-romano, período no qual se registraram grandes avanços. Considera-se geralmente que começa no século V A.C. e se estende até o segundo século D.C., cobrindo essa parte da história da Grécia Antiga e da Roma Antiga.

Pode-se dizer, em geral, que o clássico é digno de admiração e imitação. Faz parte de uma categoria que é considerada superior e, portanto, serve como modelo.

No campo artístico, um criador ou uma obra pode receber a qualificação de clássico por sua alta qualidade ou popularidade. Por exemplo: “Os romances de Agatha Christie são um clássico da literatura policial”, “James Cameron é o diretor de vários dos mais importantes clássicos do cinema contemporâneo”, “O Álbum Branco é um clássico dos Beatles”.

O que respeita as normas e tradições estabelecidas ou que é típico também é descrito como clássico: “Gosto de usar roupas clássicas, nada de extravagante”, “Decidimos vender os móveis clássicos e comprar peças vanguardistas”.

Em vários países, o clássico é um jogo ou evento esportivo de grande importância, em que se confrontam concorrentes de grande rivalidade: “O Boca Juniors e River Plate serão protagonistas amanhã de uma nova edição do clássico argentino de futebol”.