Conceito de jogo




Jul 26, 11 Conceito de jogo

A actividade recreativa em que participa(m) um ou mais participantes é conhecida pelo nome de jogo. A sua principal função consiste em proporcionar entretenimento, lazer e diversão, embora também possa assumir um papel educativo. Diz-se que os jogos auxiliam o estímulo mental e físico, para além de contribuir para o desenvolvimento das habilidades práticas e psicológicas.

O jogo pode ser definido quer pelo objectivo que os seus jogadores procuram alcançar, quer pelo conjunto de regras que determinam o que podem ou não fazer esses jogadores.

Existem vários tipos de jogos: de interpretação de personagens (onde o participante assume um determinado papel ou personalidade concreta), de estratégia (entretenimentos que requerem inteligência e planificação, como o xadrez ou as damas), de mesa/tabuleiro (como o seu nome indica, necessitam de um suporte para as pessoas jogarem), de cartas (póquer, blackjack/vinte e um) e jogos de vídeo (programas informáticos que precisam de um aparelho electrónico), entre outros.

Os jogos infantis, por sua vez, podem implicar a utilização de um brinquedo (ainda que isso não seja imprescindível). Um brinquedo é um objecto que pode ser utilizado individualmente ou em combinação com outros. Embora alguns estejam associados a épocas históricas ou culturas particulares, outros gozam de uma popularidade universal. O principal objectivo dos brinquedos é a diversão, mas também contribuem para a formação, a aprendizagem e o desenvolvimento da criança.

Convém destacar, por outro lado, que existe um ramo da matemática aplicada conhecida sob o nome de teoria dos jogos, que utiliza modelos para analisar as interacções nas estruturas formalizadas de incentivos e para levar a cabo processos de decisão.