Conceito de natalidade




Abr 24, 11 Conceito de natalidade

A natalidade é o número proporcional dos nascimentos que ocorrem numa população e num tempo determinado. Para a demografia, a taxa de natalidade é uma medida de quantificação da fecundidade.

Em geral, a natalidade é medida sobre o período de um ano e tem por base o número de nascimentos de uma população por cada mil habitantes. Esse dado é fácil de obter e de interpretar, mas não costuma ser muito preciso para calcular a fecundidade, já que depende da faixa etária e do género (sexo) da população. Numa localidade em que a maior parte das pessoas tenha idade superior a 40 anos, por exemplo, a taxa de natalidade será inferior à de uma localidade cujos habitantes sejam mais jovens.

Outras medidas utilizadas para medir a fecundidade são a taxa de fecundidade geral (analisa a relação entre o número de nascimentos num determinado período de tempo e a quantidade de habitantes do sexo feminino em idade fértil) e a taxa global de fecundidade.

A natalidade fornece dados que permitem estruturar políticas sociais e económicas. No caso das populações que envelhecem a taxas muito rápidas e registam poucos nascimentos, é provável que fiquem estagnadas e não sejam produtivas do ponto de vista económico. Visto isto, as autoridades tentarão facilitar a radicação de matrimónios de jovens que estejam em condições de trazer novos habitantes à povoação (localidade em questão).

Alguns países, como é o caso da China, exercem um estrito controlo da natalidade por padecerem de sobrepovoação e pelo facto de os recursos poderem revelar-se insuficientes para satisfazer as necessidades de todas as pessoas.