Conceito de simplificar


Jun 30, 16

A etimologia do termo simplificar remete-nos para o latim. O conceito está relacionado com o facto de conseguir que algo se torne mais simples, ou seja, menos complexo, difícil ou complicado.

Exemplos: “Não sei o que queres que faça:
importas-te de simplificar as coisas, por favor?”, “Vou simplificar a minha ideia: a única coisa que pretendo é que aproveitem melhor o tempo de trabalho, e não que passem mais horas no escritório”, “O governo comprometeu-se a simplificar os trâmites para a obtenção da carta de condução”.

O verbo simplificar, deste modo, pode ser usado em muitos âmbitos. Quando a simplificação está relacionada com a linguagem, refere-se a mudar o modo de explicação para que a compreensão da informação se torne mais simples. Não é o mesmo dizer “Vou disputar um evento desportivo onde vou ter de usar os meus pés para impulsar uma bola e tentar atirá-la para a baliza rival” que “Vou jogar futebol”. Enquanto a primeira expressão é confusa, na segunda simplifica-se o que é dito.

A ideia de simplificar também se aplica a diferentes processos. Suponhamos que, numa determinada cidade, os comerciantes que desejam obter uma licença para vender produtos alimentares devem preencher cinco formulários, registar-se em três organismos estatais diferentes e superar quatro inspecções que se realizam ao longo de um semestre. Face às queixas dos comerciantes, as autoridades decidem simplificar o procedimento e começam a outorgar as licenças correspondentes com um formulário, o registo num organismo e duas inspecções.

Na área da matemática, simplificar consiste em reduzir fracções para que a sua expressão seja mais simples. A fracção 3/6, por exemplo, pode ser simplificada e converter-se em 1/2.