Conceito de minimizar


Mar 10, 14

Minimizar é um verbo que se refere à acção de reduzir algo o mais possível ou tirar-lhe a sua importância (isto é, desprezar ou subestimar).

Exemplos: “Teremos de construir um muro mais alto para minimizar as consequências de uma possível inundação”, “Desagrada-me que o Ramires esteja sempre a minimizar o meu trabalho”, “Não se trata de minimizar o mérito, mas a selecção confrontou-se contra equipas inferiores”.

A minimização costuma associar-se a uma redução, seja física ou simbólica. Quando se pretende minimizar o espaço ocupados pelos móveis numa sala, terá de se encontrar peças mais pequenas e menos espaçosas. Deste modo, o espaço destinado aos móveis terá sido minimizado.

A acção de minimizar também se pode referir a algo abstracto ou simbólico. Muitas das vezes, diz-se que algo foi minimizado quando se lhe tira transcendência/importância. Se um jogador de ténis se consagra campeão num torneio e um jornalista afirma que se confrontou com jogadores de menor ranking e que o vencedor tinha a obrigação de triunfar porque era a favorito à vitória, terá minimizado o feito e a transcendência da conquista.

Num sentido semelhante, se um sujeito aconselha outro a minimizar a importância das críticas que recebe por parte dos seus colegas de trabalho, está a sugerir-lhe que continue com a sua vida quotidiana sem prestar atenção ao que dizem.

Para a informática, minimizar é uma das opções que oferecem os programas informáticos (software) que apresentam janelas no seu ambiente gráfico, como o sistema operativo Windows. Minimizar é fazer com que a janela se reduza até desaparecer da vista do utilizador, ficando reduzida a um botão na barra de tarefas. O contrário consiste em maximizar (ampliar) a janela para ocupar mais espaço no ecrã.