Conceito.de
Conceito de

Anomia

Anomia, para a psicologia e a sociologia, é o conjunto de situações que resultam da carência/ausência de normas sociais ou da sua degradação. O conceito também pode fazer referência à ausência de lei ou ao distúrbio da linguagem que impede de chamar as coisas pelo seu nome (dicção patológica).

anomia
A anomia, entre diferentes significados, pode ser entendida como o distúrbio de linguagem

Noutros termos, a anomia é, para as ciências sociais, a incapacidade da estrutura social em proporcionar a certas pessoas aquilo de que precisam para superarem as metas e os desafios da sociedade. Por isso, a anomia oferece uma explicação sobre a conduta desviante.

Em termos concretos, a anomia diz respeito a um desvio ou uma ruptura das normas sociais, mas não das leis: quando alguém desobedece às leis, está a cometer um delito. Os grupos socioeconómicos menos favorecidos são os que sofrem maior pressão, levando-os assim ao desvio das normas sociais. Desta forma, a anomia é um colapso de governabilidade por não conseguir controlar uma emergente situação de alienação experimentada por um individuo ou uma subcultura.

Os principais impulsores do conceito são os sociólogos Emile Durkheim e Robert Merton. Na opinião deste último sociólogo, a anomia é o resultado da relação entre os fins culturais (como os desejos e as esperanças dos membros da sociedade), as normas que determinam os meios para permitir que os indivíduos tenham acesso a esses fins e a repartição existente desses meios.

Merton observa ainda que a anomia é uma dissociação entre os objetivos culturais e o acesso de certos sectores aos meios necessários. A ruptura social tem lugar a partir do momento em que a relação entre os meios e os fins se debilita.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • Anomia é um distúrbio neurológico que afeta a capacidade de lembrar e recuperar nomes e palavras, relacionado a lesões cerebrais, encefalites e anóxia cerebral.
  • Este distúrbio pode ser um dos primeiros sinais de Alzheimer e demências, afetando a memória e funções cognitivas.
  • Lesões em áreas do cérebro, como a área de Broca e área de Wernicke, podem causar anomia e outras dificuldades na linguagem falada e escrita.
  • A anomia está relacionada a desequilíbrios nos neurotransmissores e pode afetar um ou ambos os hemisférios cerebrais, dependendo da causa.

Anomia e suas relação com as funções cerebrais

A anomia se trata de um distúrbio neurológico que pode acometer a capacidade de uma pessoa em recordar ou recuperar nomes e palavras. Essa condição teria relação com diferentes fatores, como lesões cerebrais, encefalites, anóxia cerebral, etc.

Alzheimer, demências e anomia

O Alzheimer e outras demências podem ser a causa de uma anomia, acometendo a memória e as funções cognitivas, como a capacidade de encontrar as palavras certas para descrever algo. É comum que a anomia seja um dos primeiros sinais de Alzheimer, ao lado da perda de memória.

Encefalite, anóxia cerebral e anomia

Encefalites são inflamações no cérebro, já a anóxia cerebral é a privação de oxigênio na área do cérebro. E esses dois problemas podem causar anomia.

O lobo temporal se trata de uma região do cérebro que desempenha um papel crucial na memória e no reconhecimento de palavras e ele é tende a ser afetado pelos distúrbios mencionados.

Área de Broca, área de Wernicke e anomia

A anomia também teria relação com lesões em outras regiões do cérebro, por exemplo: na área de Broca e área de Wernicke, que são responsáveis pela produção e compreensão da linguagem falada.

Quanto a área de Broca, ela atua na produção da fala, já a área de Wernicke atua na compreensão da linguagem. Lesões nessas áreas poderiam causar diferentes tipos de distúrbios da fala, por exemplo: dislexia, disartria, apraxia da fala, gagueira e, ainda, a anomia. Em suma, isso causaria uma aprendizagem lenta e fala comprometida também.

Córtex cerebral, hemisfério cerebral e anomia

conceito de anomia
A anomia ainda pode acometer um ou ambos os hemisférios do cérebro

O córtex cerebral é a camada externa do cérebro, o mesmo atua processando informações sensoriais e cognitivas.

Há dois hemisférios que dividem o cérebro e esse são conectados através de conexões sinápticas. E a anomia pode acometer um ou ambos os hemisférios cerebrais, a depender do que provocou tal condição.

Neurônios e neurotransmissores na anomia

A comunicação entre os neurônios no cérebro ocorre através dos chamados de neurotransmissores, que são substâncias químicas que enviam sinais elétricos de uma célula até outra. E a anomia teria relação com desequilíbrios nos neurotransmissores, o que afetaria a transmissão de informações e o funcionamento cerebral.

Giro angular e anomia

O giro angular se caracteriza na região do cérebro que atua no processamento da linguagem escrita e falada. Lesões nessa região poderiam também causar uma anomia, afetando a capacidade que uma pessoa teria de reconhecer palavras escritas.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (5 de Dezembro de 2011). Atualizado em 4 de Maio de 2023. Anomia - O que é, funções, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/anomia