Conceito.de

Conceito de aquífero

Antes de aprofundar o significado do termo aquífero, há que conhecer a sua origem etimológica. Neste caso, podemos dizer que trata-se de uma palavra que deriva do latim, uma vez que é fruto da soma de dois elementos dessa língua:

-O substantivo “aqua”, que se pode traduzir como “água”.
-A forma verbal “fero”, que é equivalente a “levo”.

Aquífero é uma noção que é utilizada nas áreas da geologia e da biologia. No primeiro caso, um aquífero é uma estrutura subterrânea que alberga água.

Os aquíferos são reservatórios de água que se encontram abaixo da superfície terrestre. Estes aquíferos permitem a circulação da água através de diversas gretas e da porosidade da sua estrutura.
Nos aquíferos é possível fazer a distinção entre o nível freático (o sector superior), a zona de saturação (o espaço onde os poros rochosos se enchem de água) e a camada impermeável. Acima do nível freático, e antes da superfície, encontra-se outro sector conhecido como zona de arejamento.

É possível fazer muitas classificações dos aquíferos, uma vez que são numerosas as modalidades que existem. No entanto, entre os agrupamentos mais frequentes podemos encontrar as seguintes:
-No que diz respeito ao seu comportamento hidráulico, deparamo-nos com os aquíferos confinados, que são aqueles que estão entre duas camadas impermeáveis; os semi-confinados; os subestimados ou livres, que estão em contacto directo com a área sub-saturada do solo, e as encostas.

-Quanto à estrutura, existem dois grandes grupos: os livres e os confinados.
-Partindo do critério daquelas que são as suas texturas, deparamo-nos com os fissurais e os porosos.
-Se nos sustentarmos naquilo que é o comportamento hidrodinâmico, estão os aquíferos, os aquícludos, os aquitardos e os aquífugos.

É importante ter em conta que os aquíferos permitem que uma boa parte da população de todo o mundo tenha acesso à água. Porém, a exploração descontrolada e a contaminação ameaçam este recurso. Os fertilizantes químicos que utiliza a agricultura, os resíduos da actividade industrial e a exploração petrolífera são alguns dos factores que podem contaminar um aquífero.

Mais precisamente, entre os elementos mais poluentes que existem e que põem seriamente em perigo os aquíferos estão os resíduos produzidos em oficinas de automóveis e estações de serviço/postos de abastecimento, em oficinas de pintura, em tinturarias, em fábricas e em indústrias metalúrgicas. Isto sem esquecer aqueles que derivam das minas metalúrgicas ou da extracção de petróleo, entre outros.

No campo da biologia, por outro lado, um aquífero é um conduto que permite o transporte de líquidos em determinados organismos. Os equinodermos, só para citar um caso, dispõem de um sistema vascular aquífero com diversas ramificações ao longo do corpo.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

estrume

O primeiro significado de estrume mencionado pela Michaelis em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa alude aos...

Conceito de

estiva

No âmbito da marinha, estiva é o processo que consiste em depositar, da forma mais conveniente, uma carga em uma embarcação....

Conceito de

estaca

Uma estaca é um pau com uma extremidade afiada. Graças a esta particularidade, é um elemento com diferentes utilizações, uma...

Conceito de

esquimó

Esquimó é o nome dado a um povo cujos membros residem na região ártica da América do Norte, Ásia e Groenlândia. De acordo...

Conceito de

arrepiante

O adjetivo arrepiante é usado para qualificar o que arrepia: ou seja, estremece, horroriza ou provoca espanto. O arrepiante gera...

Conceito de

estabelecer

O vocábulo latino “stabiliscĕre”, frequentativo de “stabilīre” que significa tornar estável. Este...

Conceito de

esqueleto

O termo grego “skeletós”, que pode traduzir-se como corpo ressequido, esqueleto chegou ao francês como...

Conceito de

esporádico

O vocábulo grego “sporadikós” que pode ser traduzido como disperso, chegou ao nosso idioma como esporádico....

ARQUIVOS