Conceito.de

Conceito de argumento

Argumento é um termo que deriva do vocábulo latim argumentum. Trata-se do raciocínio que se utiliza para demonstrar ou comprovar uma proposição ou para convencer outra pessoa daquilo que se afirma ou se nega.

Exemplos: “Antes de te enervares, deverias ouvir os meus argumentos”, “Não podes defender uma ideia semelhante sem qualquer argumento”, “O argumento dado pelo gerente para explicar a decisão não convenceu uma única pessoa”, O Dr. Lopes está convencido de que o seu argumento irá permitir obter o benefício”.

O argumento é a expressão, seja oral ou escrita, de um raciocínio. Permite justificar algo como sendo uma ação razoável com duas finalidades possíveis: persuadir outro sujeito (para promover uma determinada ação) ou transmitir um conteúdo com sentido de verdade (fomentando o entendimento).

Através dos seus argumentos, o locutor deve ser coerente e consistente, e não apresentar contradições. Só deste modo conseguirá cumprir com os seus objetivos. Caso contrário, corre o risco de ser contestado ou rejeitado pelo receptor.

Para a lógica, um argumento é um conjunto de premissas seguidas de uma conclusão. Quando esta conclusão resulta necessariamente das premissas, trata-se de um argumento dedutivamente válido.

Outro uso de argumento está relacionado com a matéria ou o assunto que é tratado numa obra. Quando uma pessoa narra o argumento de um filme ou de um livro, o que faz é expor as ideias e ações principais: “É uma comédia muito bem interpretada, mas com um argumento previsível”, “O argumento do novo filme do realizador causou uma grande polêmica no mundo árabe”.

Ainda, tem-se o que é conhecido como argumento jurídico ou argumentação jurídica, que trata-se dos argumentos apresentados por um advogado. Com o argumento jurídico o advogado consegue defender o seu posicionamento ao longo de todo o processo, por exemplo: com esse argumento ele pode convencer o magistrado sobre os direitos do seu cliente e também sobre a inocência dele.

Num argumento jurídico há vários elementos, por exemplo: o advogado precisa, além de fazer uso das leis do Direito, fazer uso da lógica e do argumento racional a fim de organizar argumentos coerentes e ele também precisa utilizar elementos que fazem parte da chamada “dialética”, ou seja, saber como realizar uma boa conversação.

Quando uma pessoa diz “não tenho argumentos para isso”, ela pode estar falando que não conseguirá responder devidamente aquela questão ou situação. Mas também pode essa ser uma expressão usada no sentido figurativo, nesse caso, usada quando alguém julga que uma questão é tão absurda ou irrelevante que não quer perder tempo com ela.

Por fim, também temos o que é conhecido como “argumento de autoridade”, esse tipo basicamente consiste num argumento onde é citado um especialista (onde faz-se um apelo à autoridade) ou mesmo uma fonte confiável, a fim de justificar a conclusão de algo. A autoridade citada para esse tipo de argumento pode ser, por exemplo, um cientista, uma instituição de pesquisa reconhecida, um filósofo, um médico, entre outros.

O argumento de autoridade ainda é conhecido como “argumentum ad verecundiam” ou também como “argumentum magister dixit

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

diácono

A palavra grega “diákonos” que se traduz como servidor, chegou ao latim como “diacŏnu”. A noção...

Conceito de

diáspora

Diáspora é um conceito derivado de uma palavra grega que pode ser traduzida como “dispersão”. A diáspora é a...

Conceito de

diâmetro

Diâmetro é o nome da reta que, passando pelo centro, une dois pontos de uma esfera, uma curva fechada ou uma circunferência....

Conceito de

diacronia

A noção de diacronia provém de “diá”, através + “khrónos”, tempo +-ia, ou seja, através do tempo....

Conceito de

dialética

A arte de debater, refutar e argumentar é chamada de dialética. O conceito, que vem do latim “dialectĭca”, embora...

Conceito de

devorar

O verbo devorar tem sua origem etimológica na palavra latina “devorāre”. Quando ligado a um animal, o termo...

Conceito de

revelar

A palavra latina “revelāre” chegou à nossa língua como revelar. Este verbo refere-se a dar a conhecer algo que...

Conceito de

detrito

O termo detrito provém do latim “detrītu”, particípio passado de “deterĕre” que se traduz como gastar por...

ARQUIVOS