Conceito.de

Conceito de assédio

Escutar o artigo

O assédio é um ato que viola a dignidade de uma pessoa, compreendendo até mesmo atos que infringem seus direitos. Etimólogos remetem a origem desse termo à palavra em latim “absedius” (assento) e também em “obsidium” (cilada).

assédio
Assédio se configura no ato de constranger e violar direitos de um indivíduo

Comentários ofensivos, opressão no trabalho por parte de superiores e intimidação são alguns exemplos de atos que se configuram em assédio.

E o assédio é algo que pode ocorrer nos mais diferentes ambientes sociais, tais como: nas escolas, universidades, no ambiente de trabalho e mesmo em casa.

Um exemplo comum de assédio acontece no ambiente de trabalho, quando os chefes tornam a vida dos seus funcionários difíceis, muitas vezes expondo esses funcionários a situações humilhantes.

Muitas empresas já adotam medidas a fim de conter esse tipo de situação no ambiente de trabalho.

Também é considerado um ato de assédio quando paparazzis invadem a privacidade de uma pessoa. Há muitos exemplos sobre, com casos até mesmo de ameaças com fotografias constrangedoras tiradas por esses.

Tipos de assédio

O assédio pode ser classificado em diferentes tipos, tais como o assédio moral, sexual, stalking e o bullying. A seguir estão alguns dos mais comuns praticados atualmente.

Assédio moral

Do ambiente de trabalho ao ambiente familiar, o assédio moral é um tipo que é praticado em variados locais. Esse se configura em atos onde uma pessoa é exposta a situações humilhantes.

Esse tipo de assédio é tido como uma violência psicológica e que pode até mesmo deixar sequelas na pessoa que a sofre.

Uma situação de assédio moral seria se um professor expõe um aluno diante dos demais, o xingando na frente de todos e fazendo piadas sobre seu trabalho, sobre sua apresentação, etc. Isso deixaria sequelas psicológicas.

Outro exemplo seria quando um chefe exige de um funcionário que o mesmo alcance metas que não são possíveis de atingir, sendo que o mesmo é novo na empresa ou mesmo é um estagiário, por exemplo. E quando esse funcionário não consegue isso, então o chefe o expõe ao ridículo na frente dos demais.

Em muitos países, como no caso do Brasil, o assédio moral se configura em crime, sendo o praticante de tal ato punido segundo a lei.

Assédio sexual

Outro tipo de importunação contra os direitos e integridade de uma pessoa é o assédio sexual. Esse se trata do assédio que pode ser cometido por qualquer pessoa e em qualquer local, se configurando no ato de intimidar uma pessoa através de incitações de cunho sexual.

É comum o assédio sexual no trabalho, quando chefes abusivos, dominadores e sem pudor constrangem seus subordinados em situações de conotação sexual.

O assédio sexual pode envolver palavras, toques não permitidos, convites indesejados, etc.

Alguns exemplos de assédio sexual são: quando esse indivíduo (assediador) toca uma pessoa sem o seu consentimento, força um beijo, impede que a pessoa saia de um local, põe a mão dentro da roupa da pessoa sem que essa o tenha autorizado, etc.

Quem faz isso geralmente usa a sua condição para obter vantagem e conseguir sair impune. Nisso se pode citar os casos de grandes diretores de cinema, astros, etc., que praticam tal ato e conseguem, em muitas das vezes, saírem ilesos, dado que os mesmos ameaçam as vítimas ou usam seus cargos elevados para intimidá-las.

É bastante comum que as mulheres sofram esse tipo de assédio no trabalho, em meios de transporte público, etc.

Mas o indivíduo que constrange alguém com o objetivo de conseguir favorecimento sexual pode ser condenado. No Brasil a pena para tal ato varia de 1 a 2 anos de detenção.

Stalking

Outro tipo de assédio é o que é conhecido por stalking (palavras em inglês que tem o significado de “perseguição”).

Diz-se que alguém pratica stalking quando passa a perseguir uma pessoa (até mesmo alguém com quem não se não tenha convivido). Esse indivíduo nutre uma obsessão tamanha pelo que a outra pessoa faz a todo o momento.

O indivíduo que pratica stalking invade a privacidade da outra pessoa e isso pode evoluir de tal modo que poderia levar a pessoa à morte. Não são incomuns os casos de stalkers (quem pratica esse tipo de assédio) que entram em paranoia profunda e cometem assassinato.

É comum que o stalker seja um ex-marido ou namorado (ou ex-namorada e esposa), um vizinho, conhecido ou mesmo um completo estranho que passou a nutrir sentimentos nada saudáveis por uma pessoa.

No Brasil, é também crime a prática de stalking, sendo que uma lei foi sancionada para isso.

Bullying

conceito de assédio
O bullying é uma forma de assédio que pode deixar muitas sequelas

Há ainda outro tipo de assédio que é o bullying. Apesar desse acontecer mais no ambiente escolar, o mesmo se faz presente em outros locais e contextos, tais como no trabalho e mesmo em casa.

Inclusive, com o advento e a disseminação da tecnologia, há o bullying em ambiente virtual (conhecido como cyberbullying).

O bullying é um modo de constrangimento com outra pessoa, o qual pode ter diferentes graus.

Quando esse ato chega a extremos, ele pode ocasionar agressões físicas e mesmo a morte, além do que o próprio ato já deixa sequelas psicológicas em quem o sofre: há muitas pessoas que passam por dificuldades na vida depois de adultas devido ao bullying que sofreram na infância ou adolescência.

Citação

SOUSA, Priscila. (26 de Maio de 2022). Conceito de assédio. Conceito.de. https://conceito.de/assedio