Conceito.de

Conceito de astrologia

A astrologia faz parte das chamadas pseudociências: disciplinas que são apresentadas como científicas, mas que, no entanto, não respeitam o método científico. Desta forma, seu conhecimento não é baseado na pesquisa empírica nem pode ser medido.

Segundo aqueles que acreditam na astrologia, é possível obter informações sobre a personalidade dos seres humanos e fazer previsões baseadas no estudo dos astros. Por isso, os astrólogos analisam a localização e os movimentos das estrelas para fornecer dados sobre o caráter dos indivíduos e antecipar eventos que ocorrerão no futuro.

O principal método de previsão da astrologia é o horóscopo. Este sistema indica a personalidade de uma pessoa de acordo com a localização dos astros no momento do seu nascimento. Este estudo, dizem os astrólogos, também serve para antecipar eventos.

Para os cientistas, a suposta eficácia do horóscopo é dada pela alta probabilidade e imprecisão das supostas adivinhações e por um fenômeno psicológico que faz com que os indivíduos se lembrem das previsões acertadas e esqueçam as erradas. Por exemplo: um astrólogo pode escrever um horóscopo que indica que as pessoas nascidas sob o signo de Câncer terão, ao longo dos próximos dias, uma surpresa. Aqueles que acreditam em astrologia podem considerar uma enorme quantidade de fatos (de um telefonema para um convite para jantar, passando por uma novidade laboral, uma visita ou a estreia de um filme) a “surpresa” prevista pelo horóscopo.