Conceito.de

Conceito de autenticidade

A condição de autêntico é conhecida como autenticidade. Autêntico, por sua vez, é um adjetivo que qualifica o que é documentado ou certificado como verdadeiro ou certo. Também se diz que uma pessoa é autêntica quando não é hipócrita ou finge ser diferente do que é.

Por exemplo: “Eu gosto dessa calça mas tenho dúvidas sobre sua autenticidade: como eu sei que não é uma farsa?”, “Minha tarefa é analisar a autenticidade das obras antes de serem leiloadas”, “Autenticidade é um dos meu pilares como artista”.

No campo da arte e das antiguidades, a autenticidade é muito importante, pois determina o valor dos objetos. Uma pintura pintada por um artista famoso pode valer milhões de dólares, enquanto uma cópia, imitação ou reprodução pode valer menos de dez dólares. Determinar a autenticidade das imagens é, portanto, essencial. Da mesma forma, uma pessoa pode tentar vender um manuscrito alegando que tem mil anos: confirmar sua autenticidade é necessário antes de realizar a operação.

A análise da autenticidade também é importante no jornalismo. O condutor de um noticiário pode receber um envelope com fotografias em que, supostamente, um político é observado recebendo dinheiro de um traficante de drogas. Antes de divulgar a notícia, o jornalista deve confirmar a autenticidade do material, pois pode ser uma montagem para desacreditar o líder político.

Autenticidade, por fim, é uma característica do sujeito que não parece outra coisa senão o que é: “Quando ele modificou seu guarda-roupa e sua estética por sugestão de um produtor, o cantor perdeu a autenticidade que agradava tanto ao público”.