Conceito.de

Conceito de bota

Bota provém do francês “botte”, o calçado que protege o pé, o tornozelo e uma parte da perna. Sua altura, no entanto, varia de acordo com o modelo e sua função.

Em alguns casos, as botas mal cobrem o tornozelo. Em outros, no entanto, elas podem chegar acima do joelho. As botas também podem ter um salto ou tacão. Por exemplo: “Para o meu aniversário eu gostaria que você me desse botas de couro”, “Hoje eu vou ter que sair com botas de chuva: está tudo inundado”, “Eu acho que as botas vermelhas combinam muito bem com suas calças novas”.

Geralmente, no vestiário casual, as botas são um calçado feminino. Muitas vezes as mulheres escolhem botas justas e altas que lhes permitem estilizar as pernas. Os homens, por outro lado, geralmente escolhem as botas como uma proteção.

Há também botas de trabalho (feitas de materiais resistentes para proteger os trabalhadores), botas esportivas (como botas de esqui, botins ou botas de futebol) e botas ortopédicas (que imobilizam o pé e são usadas no quadro de um tratamento terapêutico).

Bota também pode derivar do latim tardio “buttis” e se referir a uma vasilha ou recipiente em forma de pera que é usado para armazenar vinho. Essas botas, feitas de couro, possuem uma parte estreita que permite a saída do líquido em jatos finos. Além disso, têm uma tampa. É possível pressionar o recipiente de modo que o jacto de bebida seja expulso com força e assim deixar a bota a uma certa distância da boca enquanto se bebe.