Conceito de polaina


Mai 02, 15

O conceito francês poulaine deu origem, na nossa língua, no termo polaina. A noção refere-se a uma peça de roupa que cobre parte das pernas, geralmente desde os tornozelos até aos joelhos.

As polainas, por conseguinte, constituem uma espécie de meia que não cobre os pés, mas que abriga a perna. São usados por fora do calçado e mesmo das calças e, segundo o modo, algumas têm botões para se segurarem.

Antigamente, as polainas eram utilizadas pelos trabalhadores rurais que se dedicavam ao gado ou à agricultura.

Com o tempo, começaram a aparecer polainas que faziam parte dos uniformes usados no exército, complementando as botas. Hoje, as polainas são usadas na vestimenta informal durante as épocas de baixas temperaturas e também enquanto se pratica montanhismo e outras actividades ao ar livre.

Exemplos: “Preciso de polainas novas para usar na festa”, “Porquê que não calças as polainas? Está a nevar e faz muito frio”, “A minha avó ofereceu-me polainas para que abrigar de manhã, quando vou à escola”.

Habitualmente, as polainas são confeccionadas com materiais que abrigam e ajudam a manter o calor. Em muitos casos, também são usados materiais impermeáveis para evitar que a água e a humidade cheguem ao corpo.

As polainas podem associar-se às grevas, umas peças que faziam parte das armaduras que usavam alguns guerreiros na Grécia Antiga. As grevas permitiam proteger as pernas dos ataques do oponente.